GOLPE PASSAGENS AÉREAS
PublicidadeDJ90

Com informações do site Rondoniagora.com

O rondoniagora.com teve acesso ao depoimento do empresário Geverson da Costa Dias, 23 anos, dono da agência Aerotour, denunciado por aplicar golpe em centenas de pessoas que compraram supostas passagens aéreas e não conseguiram embarcar.

O depoimento do empresário aconteceu na última quarta-feira para a delegada Noelle Caroline Xavier, da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Consumidor e Defraudações (Deconde). Geverson disse que seu negócio funcionava com a compra de milhas de outras empresas. Passageiros revendiam pontos acumulados e vendiam para os fornecedores. Ele comprava principalmente da empresa Ideal, de Belo Horizonte.

A negociação com o cliente final era simples e não tinha qualquer garantia: o cliente pagava o bilhete, e ele fazia o contrato, a reserva e o recibo e o bilhete era emitido apenas dias antes. O cliente não comprava a passagem.

De acordo com o Geverson, seus problemas começaram desde que adquiriu a empresa por R$ 150 mil de forma parcelada. Disse que houve problema contábil, sempre operou no vermelho, mas devido a um raio no dia 3, teve que parar a empresa porque máquinas foram danificadas, “impediu a entrada de dinheiro na empresa”.

No depoimento, ele disse que ao perceber que não conseguiria emitir as passagens do dia 5, informou os clientes via whatsapp, que não seria possível o embarque na data prevista e que estaria buscando solução o mais breve possível. Em seguida foi para Ariquemes tentar um empréstimo, mas não conseguiu porque a empresa parou de funcionar. Sua intenção era retornar no dia seguinte, “mas a situação tomou proporção grande e ficou com medo de voltar”.

Sobre os clientes lesados, o empresário afirmou que aqueles que não conseguiram embarcar, pretende ressarcir de alguma forma. E os que ainda tem em mãos as supostas passagens para o resto do ano, disse ser impossível qualquer ressarcimento com sua empresa inoperante.

O empresário diz que também deve cerca de R$ 200 mil a fornecedores, mas que não possui bens ou qualquer patrimônio que possa garantir os prejuízos. Confira:

Golpe das passagens: Dono da Aerotour diz em depoimento que não tem bens nem dinheiro para ressarcir clientes; veja íntegra
Golpe das passagens: Dono da Aerotour diz em depoimento que não tem bens nem dinheiro para ressarcir clientes; veja íntegra
Golpe das passagens: Dono da Aerotour diz em depoimento que não tem bens nem dinheiro para ressarcir clientes; veja íntegra