sistema biométrico de identificação de candidatos aptos a realizar as provas teóricas que possibilitam a aquisição da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
PublicidadeBolsas de Estudos com até 70% de desconto

Após o início das atividades do novo sistema de provas eletrônicas via tablet, que antes era realizando em papel, o Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran-RO) aderiu na última quinta-feira (22) ao sistema biométrico de identificação de candidatos aptos a realizar as provas teóricas que possibilitam a aquisição da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A novidade foi iniciada no Posto Avançado da zona leste de Porto Velho e vem como proposta para a redução de problemas na hora da apresentação de documentos dos candidatos, que muitas vezes estão danificados ou em péssimas condições. Até mesmo para evitar crimes de falsa identidade.

Segundo a presidente da Comissão da Comissão Teórica da capital, Juliane Pires, a mudança beneficia a população com mais comodidade. “Já ocorreram casos de pessoas terem sua participação cancelada pelos documentos danificados ou por esquecer os mesmo, agora com a biometria, todos ficam isentos de pagar taxa de ausência caso essas situações aconteçam”. Garante.

O sistema é de extrema segurança e foi desenvolvido pela equipe de tecnologia do órgão, que também desenvolveram o sistema das provas digitais, implantado em Porto Velho e outros municípios.

“A partir do momento que a biometria é implantada, todos ganham com mais segurança e agilidade nos processos existentes. Nossa meta é levar os leitores biométricos para o maior número possível de municípios para o primeiro semestre do próximo ano.” Afirma o diretor técnico de habilitação, Célio Lopes.