O Conselho Regional de Administração de Rondônia conseguiu concretizar, em 2017, ações importantes, principalmente com a ampliação das atividades na área de fiscalização e contatos mantidos junto aos setores públicos e privados, visando a abertura de espaços para os administradores e tecnólogos no mercado de trabalho. De acordo com o presidente do CRA-RO, adm. Manoel Pinto da Silva, o suporte do Conselho Federal de Administração (CFA) foi decisivo para que as ações de fiscalização pudessem ser realizadas em cidades do interior do estado, envolvendo gestores do setor público e da iniciativa privada.

Por meio de sua diretoria de Fiscalização e Registro, o CRA-RO esteve presente em alguns municípios onde manteve contatos com prefeitos, vereadores e empresários, sensibilizando-os para que funções na área administrativa e de gestão sejam exercidas por administradores e tecnólogos, tendo em vista que são profissionais preparados para tais atividades. Nas ações realizadas no interior do estado, a equipe do CRA-RO também visitou instituições de ensino superior onde conversou com universitários dos cursos de administração e de tecnologia em gestão, procurando saber sobre as expectativas relacionadas à profissão e ao mercado de trabalho.

Além do apoio no sentido de garantir espaço para administradores e tecnólogos no serviço público e no segmento empresarial, o Conselho Regional de Administração buscou respaldo para o PLS 439/2015, que dispõe sobre o exercício de atividades nos campos da Administração, estabelecendo que cargos e funções com atribuições voltadas para os campos da Administração, em organizações privadas, não governamentais e públicas, somente poderão ser providos por tecnólogos e administradores profissionais regulares na forma da lei.

Outro fator relevante este ano foi a realização do II Encontro Rondoniense de Administradores e Tecnólogos (II Enrat), cujas atividades foram desenvolvidas na cidade de Cacoal, abrangendo um grande publico, formado por universitários, estudantes do ensino médio, administradores e empresários. Segundo o presidente Manoel Pinto da Silva, ao decidir levar o II Enrat para Cacoal, o Conselho Regional de Administração buscou não apenas prestigiar administradores, tecnólogos e graduandos do interior, mas também enfatizar as ações que são desenvolvidas pelo CRA-RO no âmbito estadual.

O adm. Manoel Pinto da Silva destacou que todo o estado deve estar engajado nos projetos que o Conselho realiza, cujo propósito é envolver a categoria. “A nossa profissão deve ser forte, como forte deve ser o desejo de todos nós, administradores, em galgar patamares que vão muito além do que ousamos imaginar”, acentua o presidente do CRA-RO, evidenciando o apoio do Conselho Federal de Administração também na realização do II Enrat, assim como as parcerias firmadas com instituições de ensino superior, na capital e no interior, fundamentais para o cumprimento da programação ao longo do evento. “Em 2018 precisamos avançar ainda mais e outras metas precisam ser alcançadas, todas direcionadas à Administração e aos administradores e tecnólogos. Vamos continuar caminhando juntos para que juntos alcancemos os nossos objetivos”, concluiu o presidente.

 ASCOM CRA-RO