Conectado por

Rondônia, quinta, 01 de junho de 2023.

G1

Gêmeas dão à luz no mesmo dia em Porto Velho


Compartilhe:

Publicado por

em


Data do parto foi combinada entre elas. Durante o parto dos primos, a enfermeira, o ginecologista e os anestesistas eram parentes. As gêmeas Bruna e Bianca Carneiro ficaram felizes quando descobriram que engravidaram em ocasiões próximas, mas a emoção foi ainda maior quando descobriram que dariam à luz aos seus filhos no mesmo dia e por uma equipe médica composta por parentes.
Irmãs gêmeas que engravidaram ao mesmo tempo.
Bruna Carneiro
Bianca e o marido já estavam planejando o segundo filho, mas a Bruna foi pega de surpresa com a notícia de que estava grávida pela primeira vez.
“Descobrimos que estávamos grávidas na mesma semana e foi uma surpresa. Assim que descobrimos já decidimos marcar o parto para o mesmo dia”, conta Bruna.
Tudo combinado
Dante e Luísa no dia do nascimento.
Bruna Carneiro
As irmãs marcaram o parto para o dia 19 de março e ao g1, explicaram o processo de escolha da data.
“O marido da Bruna faz aniversário no dia 19 de abril, a gente faz no dia 19 de maio e os bebês vão comemorar no dia 19 de março”, disse Bianca.
O segundo filho de Bianca, Dante, foi o primeiro a nascer e as irmãs brincam que ele é o mais velho. A segunda foi a Luísa.
“Depois que a Bianca deixou a sala de cirurgia, eu entrei. Logo depois, me trouxeram o Dante e levaram a Luísa para ela conhecer. Escolhemos ficar no mesmo quarto, um quarto com duas macas e os maridos”.
As gêmeas contaram que na sala de cirurgia só tinha família: a prima enfermeira, o ginecologista cunhado, os anestesistas cunhados e até o pediatra era cunhado.
Initial plugin text
Quadrigêmeas
Bruna e Bianca são quadrigêmeas e dividiram o nascimento com as suas irmãs Brenda e Beatriz. Ao g1, elas revelaram que o nascimento delas foi delicado e que nasceram antes do tempo previsto.
“O parto da nossa mãe foi bem traumático e acho que é por isso que ela não conta tanta coisa. Nascemos prematuras e ficamos internadas por oito dias na UTI. A primeira vez que a nossa mãe viu a gente foi na televisão”, contou Bianca.
Naturais de Brasília, toda a família se mudou para Porto Velho quando elas ainda tinham dois anos de idade. Segundo elas, a época da infância foi muito especial para todas.
“A melhor coisa que já me aconteceu foi ter as minhas irmãs. Todos dizem que quando nos tornamos mães, conhecemos um amor único, mas comigo não foi assim. Eu amo os meus filhos da mesma forma que amo as minhas irmãs, eles são tudo pra mim”, disse Bianca.
Quadrigêmeas de Porto Velho
Brenda Carneiro
Primos-Irmãos
O filho mais velho da Bianca é o Bento, de três anos, que foi o primeiro bebê da família. As irmãs contam que ele é super apegado com o irmãozinho e com a prima.
“O Bento não entende que a Luísa é prima, quando a gente estava grávida eu dizia que o Dante era irmão e ele logo perguntava sobre a Luísa. Ficamos surpresas em ver como ele se adaptou com os nenéns, ele é muito apegado”, disse Bianca.
Bento com o irmão e a prima no colo.
Bruna Carneiro

Fonte: G1 Rondônia

Publicidade

Brasil Digital
Colégio Sapiens
google INSTALE O APP DA DJ90

Últimas notícias

Facebook

Compartilhe: