Conectado por

Rondônia, quarta, 07 de dezembro de 2022.

educação

Professores avaliam primeira prova do Enem, ocorrida neste domingo


Compartilhe:

Publicado por

em

Projeto social abre inscrições para curso pré-Enem gratuito a distância

Continua após a publicidade
Faculdade Sapiens

Milhares de estudantes de todo o Brasil fizeram as provas de Ciências Humanas, Linguagens e Redação do Enem neste domingo (13); professores da Plataforma Ferretto comentam como foi o exame


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

São Paulo, novembro de 2022 – Candidatos de todos os estados brasileiros realizaram neste domingo (13) a avaliação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), e, neste primeiro dia, os alunos tiveram 5h30 para completar as provas das disciplinas de Ciências Humanas e Linguagens, e elaborar a Redação.


Continua após a publicidade

Ao todo, foram 90 questões objetivas, além do texto no modelo dissertativo-argumentativo. Confira a distribuição:

  • 45 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (Língua Portuguesa, Literatura, Educação Física, Artes e Língua Estrangeira).
  • 45 questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias (Filosofia, Geografia, História e Sociologia).

Docentes da Plataforma Professor Ferretto – canal 100% online que oferece conteúdo complementar para o Ensino Médio, com foco na preparação para o Enem e vestibulares – comentam suas impressões sobre este primeiro dia de provas, em relação às disciplinas que lecionam:

Redação
Todos os anos, o tema da redação é aguardado com apreensão pelos candidatos, pois o assunto a ser discorrido só é divulgado no momento da aplicação do exame, quando os estudantes recebem o caderno de questões.

Meses antes da prova, os vestibulandos e os veículos de comunicação já especulam os possíveis temas de acordo com o que tem acontecido no Brasil e no mundo, uma vez que esse vínculo pode ser decisivo na escolha do assunto.

Neste ano, o tema escolhido foi: Desafios para a valorização de comunidades e povos tradicionais no Brasil.

Analisando o assunto, o professor João Filho, especializado na matéria de Redação, da Plataforma Professor Ferretto, comenta sobre a escolha do tema e alguns pontos que poderiam ser abordados no texto: “Acredito que seja um bom tema, sem grandes dificuldades. Não é um tema áspero e ácido, é um tema completamente dentro das perspectivas do Exame Nacional do Ensino Médio, com propostas obedecendo as cinco competências, e cuidados para com a manutenção dos direitos humanos. É importante ter uma atenção para manutenção de repertório, podendo citar questões como: a constituição e referências a antropólogos que compreendem a realidade brasileira, como: Darcy Ribeiro. Geógrafos como Milton Santos, como um referencial teórico para a construção de um brasil homogêneo na sua territorialidade, apesar de diverso na sua formação étnica, populacional, cultural”.

Língua Portuguesa
A prova de língua portuguesa, assim como na edição anterior, em 2021, contou com questões sobre diversos autores nacionais, como o clássico Machado de Assis em sua obra ‘’Memórias Póstumas de Brás Cubas’’ e a autora Carolina Maria de Jesus, com ‘’Quarto de despejo’’.

O professor João Filho, de Língua Portuguesa, comenta: ‘’A prova estava bem equilibrada na presença da diversidade. O que revela a ótima característica do exame em contemplar diversos gêneros, autores e épocas, embora haja um predomínio da contemporaneidade, o que é muito natural. Tivemos a presença de romance, conto, crônica, linguagem publicitária e clássicos como Clarice Lispector e Machado de Assis, já mencionado anteriormente. De autores mais contemporâneos, tivemos Martha Medeiros e Antonio Prata.’’

Ademais, a prova incluiu temáticas como a violência no futebol, a função social da notícia, a vida perfeita nas redes sociais, além de questões sobre gênero textual, envolvendo verbete, poema, elementos da narrativa e classificação de narrador, João destaca a importante questão sobre língua e patrimônio: resgate das línguas nativas indígenas, que poderia até fornecer um repertório para a redação.

Literatura
A disciplina de Literatura é muito importante em uma prova desta dimensão, pois carrega grande parte da bagagem cultural brasileira. “Assim como tem acontecido nos últimos anos, o que mais predominou na prova, foi o ato de instigar o candidato para a sua sensibilidade, a forma que o candidato recebe o texto literário e percebe as nuances, metáforas e a escrita artística em si.’’ avalia o professor da disciplina na Plataforma Ferretto, Alencar Schueroff.

Em termos de conteúdo, as questões foram em relação ao romance de 30, com a presença de ‘’A bagaceira’’ de José Américo de Almeida e também uma questão do livro ”Dona Guidinha do Poço’’ de Manoel de Oliveira Paiva. ‘’Ao contrário do ano passado, não houve muito diálogo da literatura com outras manifestações artísticas, como a música, charge, artes plásticas etc.”, declara Alencar.

História
A prova de História apresentou os temas esperados, com bastante foco nas questões de transformações, principalmente quando a gente fala da interdisciplinaridade entre história e sociologia. O professor Pedro Rennó avalia: “A prova teve muito conteúdo sobre questões de patrimônio,  desigualdades sociais, questões de gêneros. Muitas vezes vemos estudantes reclamar, falando que a prova não foi conteudista, pois não cobrou conteúdo de história, mas tudo é conteúdo. Às vezes, a gente precisa entender a interdisciplinaridade da prova, por exemplo: cobrou questão sobre “departamento de imprensa e propaganda”, do período de Getúlio Vargas, sobre a década de 1830 – período regencial-, e isso se configura conteúdos da matéria de História. Mas comparado ao ano passado, as questões de história não estavam tão nítidas na prova, em relação à temática. Isso porque, em 2021 as questões eram sobre “Era Vargas” e “República Populista”, este ano a gente teve um processo um pouco mais amplo e interdisciplinar.” explica o docente.

Filosofia
A matéria possui um importante papel na construção do pensamento do aluno mediante a sociedade. Neste ano, cumpriu o seu dever e abordou temáticas clássicas. Mário Marcondes, professor da disciplina de Filosofia, afirma: “A prova tratou de vários temas clássicos e identifiquei cerca de 7 questões que são sobre filosofia. A grande surpresa da prova pra mim, foi não ter nenhuma questão do período que chamamos de “Filosofia Moderna”, que costuma ter o maior número de questões no Enem até hoje, pois é um período que possui um grande número de filósofos e temas clássicos.

O caderno amarelo teve questões que falaram sobre o Foucault – um pensador contemporâneo -, uso da tecnologia e filosofia antiga, deixando de fora grandes pensadores como Platão e Aristóteles, o que é uma grande surpresa.

Eu entendo que o nível da prova foi de mediano para alto, com questões relativamente difíceis. Mas como os temas foram clássicos, acredito que os alunos que se prepararam conseguiram um bom resultado.”.

Geografia
A disciplina, caracterizada pelos estudos da relação do ser humano com o meio ambiente, as relações climáticas e as características do espaço geográfico, cobrou questões de temas clássicos, como: a geografia urbana, questões de moradia, macrocefalia urbana e o êxodo rural, globalização e seus desdobramentos, entre outros. De acordo com o professor da disciplina Alexandre Groth, o aluno precisava dominar o conteúdo, entendendo a lógica exposta ao texto. “Isso que deu um nível médio à prova, pois os temas em si, se tornavam fáceis dependendo da abordagem. Mas, como a prova trazia diferentes linguagens, textos, gráficos e mapas, os alunos precisavam entender o conteúdo apresentado, para responder as questões”, finaliza.

 

Sobre a Plataforma Professor Ferretto – A plataforma é uma das maiores do país no segmento e tem o objetivo de oferecer um ensino de qualidade acessível aos jovens. Atualmente, conta com mais de 50 mil estudantes em todo o país, que se preparam para as provas do Enem e dos vestibulares mais importantes com aulas online. Por meio da plataforma, os candidatos podem fazer o seu próprio cronograma, sem sair de casa para estudar. Nesse espaço virtual, têm acesso a mais de 15.000 questões respondidas em vídeo para o estudante treinar, simulados online, correção de redação, resumos gráficos, apostilas e um total de 11 dos melhores professores da internet nas principais disciplinas, todos altamente qualificados e que uniram forças para ensinar e criar o cursinho online com o melhor custo-benefício do Brasil.

Publicidade

Colégio Sapiens
google INSTITUTO MARIA AUXILIADORA

Últimas notícias

Facebook