Conectado por

Rondônia, quinta, 08 de dezembro de 2022.

Jurídicas

Servidores do Judiciário abraçaram a campanha “Adote o Futuro”


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Faculdade Sapiens

A foto mostra várias pessoas, segurando mudas de árvore, posando para a câmera que está fotografando


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

Mais de 3 mil mudas foram doadas 


Continua após a publicidade

A campanha “Adote o Futuro”, em alusão ao Dia da Árvore, distribuiu 400  mudas nas comarcas do interior do Estado. A parceria com o projeto “Colhendo Sementes, Construindo Viveiros, Plantando Florestas” foi sucesso dentre os(as) servidores(as), estagiários(as), colaboradores(as) e público geral do Poder Judiciário, que buscou as diferentes espécies de árvores frutíferas distribuídas nas diversas comarcas que participaram da iniciativa.

Na comarca de Presidente Médici, o plano de ação foi executado no Fórum Professor Pontes de Miranda, na manhã do dia 22, e a juíza Marisa de Almeida, na abertura do evento, trouxe uma mensagem reflexiva em alusão ao Dia da Árvore, bem como a grande relevância de juntos abraçarmos a Campanha “Adote o futuro”. a foto mostra algumas pessoas mexendo em mudas de árvore

“Em nome de toda a comarca, parabenizo a iniciativa do juiz Maximiliano Deitos, de Ji-Paraná, idealizador do projeto “Colhendo Sementes, Construindo Viveiros, Plantando Florestas”.

Dentre as espécies doadas estavam Açaí, Ipê, Jatobá, Pitanga, Jabuticaba e várias outras. A servidora Silvana Cruz reforçou que o público interno do Poder Judiciário se sensibilizou e aderiu a campanha com muito entusiasmo, visando ajudar no reflorestamento, “Acho muito importante a participação de todos para ajudar e espero que outras pessoas possam ter a oportunidade de contribuir com uma ação como essa um dia” , acrescentou Silvana.

 

Capital

Na capital, a movimentação foi intensa nas unidades. Mais de 600 espécies foram distribuídas, 300 no edifício-sede do Tribunal de Justiça de Rondônia e 300 no Fórum Geral César Montenegro. Sâmia Souza, servidora do TJRO, levou para casa duas espécies e alertou que no mês de setembro, um grande fluxo de fumaça está presente na nossa região, por conta das queimadas e que pequenos gestos como adquirir, plantar e cuidar de uma árvore pode fazer uma grande diferença, “Esse gesto nos desperta um sentimento de valorização e preservação da amazônia”, declarou Sâmia. WhatsApp Image 2022 09 22 at 18.50.37

Assessoria de Comunicação Institucional

Publicidade

Colégio Sapiens
google INSTITUTO MARIA AUXILIADORA

Últimas notícias

Facebook