Conectado por

Rondônia, quinta, 07 de julho de 2022.



Geral

Acadêmica de Zootecnia do IFRO de Colorado vence prêmio nacional “Estudante Dez 2022” da ABZ


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

De acordo com a ABZ, o Prêmio Destaque Estudantil (Estudante Dez) busca reconhecer o mérito de estudantes de graduação em Zootecnia que apresentam destacada participação nas diversas atividades acadêmicas do curso, de representação estudantil e bom rendimento de aprendizagem em nível nacional.

A estudante comentou sua felicidade em receber a notícia de ser a vencedora deste prêmio. “Achei inesperado ser indicada, mas considerei um privilégio poder representar a minha instituição caso eu ganhasse. Eu não imaginava conseguir o prêmio, pois são 128 faculdades no país que possuem o curso de Zootecnia. Então, para mim foi uma surpresa, mas considero um prêmio conquistado com muita dedicação ao longo destes anos de faculdade”, relatou Ghabriely.


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Vários critérios foram considerados na avaliação dos estudantes indicados ao prêmio, como foi explicado pelo Coordenador do Curso de Zootecnia do Campus Colorado, Fagton de Mattos Negrão. “A acadêmica Ghabriely em breve será formanda e ao longo do período como aluna de Zootecnia teve participações amplas e relevantes. E todas as atividades dela como acadêmica foram consideradas na avaliação da ABZ para concessão do prêmio, desde participação em eventos, em projetos de pesquisa, de ensino e de extensão, ter feito parte do centro acadêmico, ter participado do programa de internacionalização, ter realizado publicações de artigos científicos em revistas de ótima qualificação, dentre outras”.

A premiação também foi comemorada pelo Coordenador do curso, que destacou o trabalho conjunto de todos do IFRO para garantir uma educação de excelência. “Essa conquista do prêmio nos alegra e é uma vitória compartilhada com todos do campus, que inclui a equipe de apoio que cuida da limpeza e alimentação, os servidores dos setores técnicos e pedagógicos, todos os professores. Esse grupo permitiu a ela ter um ótimo ‘plantio’ que gerou essa ótima ‘colheita’, que é a premiação de nível nacional”, enalteceu Fagton.

 

Histórico acadêmico

Ghabriely é aluna da primeira turma de Zootecnia do Campus Colorado do Oeste, tendo iniciado o curso em 2017 e estando hoje nas etapas finais para conclusão desta graduação. Ao longo de sua trajetória acadêmica no IFRO, Ghabriely buscou colaborar com o seu curso, por exemplo, fazendo parte em 2017 da primeira diretoria do Centro Acadêmico de Zootecnia, além de auxiliar na organização de eventos, como a Semana Acadêmica de Zootecnia de 2018. Ela também conseguiu aproveitar as oportunidades ofertadas pelo IFRO nas áreas de ensino, de pesquisa e até de extensão, como a participação em mobilidade acadêmica internacional na Colômbia em 2019. Em 2020 e 2021, ela participou de pesquisa, com um projeto na área microbiológica com fungos. Além disso, ela sempre alcançou um bom desempenho acadêmico, sendo que em 2022 irá finalizar seu TCC.

A escolha da acadêmica em cursar Zootecnia foi inicialmente motivada pela curiosidade, como ela relatou. “Sou da primeira turma do meu campus, então o que me motivou foi a curiosidade. Eu não sabia muito bem sobre o curso de Zootecnia e nem sobre o mercado de trabalho para este profissional, mas a partir de relatos de amigos que cursaram Zootecnia resolvi que este curso era para mim”, comentou.

Ao longo de sua vida acadêmica na Zootecnia, ela realizou várias atividades que foram consideradas na avaliação da ABZ para a premiação. A estudante citou algumas destas ações. “Ministrei dois minicursos sobre projetos de pesquisa que realizei, ministrei duas palestras sobre meu projeto na Colômbia, realizei a publicação de artigos e um capítulo de livro, tenho participações em projetos de ensino, pesquisa e extensão e realizei um intercâmbio na Colômbia. Participei por dois anos do Centro Acadêmico de Zootecnia ajudando na conquista do CNPJ juntamente com a chapa daquele mandato. Também tive participações em reuniões de interesse do curso para o campus, além de monitoria e acompanhamento de alunos com dificuldades de aprendizagem”, narrou.

Avaliando sua trajetória, ela conta sobre as possibilidades que vislumbra para o futuro. “No início fiquei perdida como a maioria dos estudantes, porém concluindo esta formação eu percebo várias áreas no meu curso que seriam prazerosas para atuação no mercado de trabalho. Agora estou pensando nas oportunidades de estudo e trabalho na área. Irei realizar as provas para mestrado este ano, mas irei realizar também meu estágio obrigatório na emprega Araguaia. Então, ao longo dos próximos seis meses irei observar qual caminho será melhor para mim”, finalizou a acadêmica.

 

Curso em destaque

O Coordenador do Curso de Zootecnia do IFRO Colorado do Oeste, Fagton de Mattos Negrão, aponta que o curso vem se destacando em vários aspectos, principalmente considerando que é uma graduação relativamente nova no campus. Ele relembra que a primeira turma iniciou há cinco anos o curso, em 2017. “Hoje são 128 instituições no Brasil que ofertam o curso de bacharelado em Zootecnia, muitas com histórico mais antigo que o nosso daqui do campus. Sabemos que somos um curso jovem, mas nos esforçamos sempre em proporcionar o melhor possível a nossos alunos”, comentou.

O reconhecimento deste esforço já atingiu nível nacional. Em 2021 a Associação Brasileira de Zootecnistas (ABZ) elegeu o professor Fagton como “Coordenador de Curso do Ano 2021”, recebendo o Prêmio “Mário Hamilton Vilela”. E neste ano de 2022 a acadêmica do curso do Campus Colorado do Oeste foi eleita pela ABZ como “Estudante Dez de 2022”. E nas duas edições da Olimpíada Brasileira de Zootecnia realizadas, os acadêmicos do Campus chegaram até a fase nacional.

O coordenador do curso demonstrou sua satisfação por esses fatos. “Tivemos a honra de receber o prêmio da ABZ como coordenador. E agora nossa aluna também teve esse reconhecimento nacional. Ficamos muito felizes e honrados por essa dupla de conquistas. Isso ressalta ainda mais a boa estrutura e equipe do IFRO Campus Colorado do Oeste, já que alcançamos o reconhecimento da qualidade do nosso curso de Zootecnia em nível local, regional e até nacional. Por isso, tenho orgulho em fazer parte desta equipe do IFRO e da dedicação de todos os estudantes”, concluiu o Coordenador.