Conectado por

Rondônia, quinta, 27 de janeiro de 2022.



Agronegócio

Programas aumentaram a produtividade no campo em Porto Velho durante 2021


Compartilhe:

Publicado por

em

Ações contribuíram para o crescimento do setor agropecuário da capital


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

Recuperação de estradas vicinais garantiu escoamento da produção Recuperação de estradas vicinais garantiu escoamento da produçãoCom o objetivo de manter o desenvolvimento das cadeias produtivas em Porto Velho, a Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Semagric) conseguiu, ao longo de 2021, manter ativo cinco programas de vital importância para o crescimento agropecuário da capital.

As atuações vão desde distribuição de mudas ao suporte para o escoamento da produção. Atenta a importância da manutenção das estradas vicinais, a Semagric recuperou, até o mês de outubro, mais de 1,3 mil quilômetros de estradas, 41 pontes e instalou 115 bueiros através do programa “Caminhos da Produção”.


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Pensando no pequeno produtor, a pasta municipal percorreu as comunidades e atendeu a 360 produtores com o transporte de 1,9 mil toneladas de alimentos por meio do programa “Direto da Roça”, que oferece o transporte logístico da produção rural para comercialização.

A pasta também manteve ativo o programa “Pró-Calcário”, com o propósito de transportar gratuitamente o mineral aos produtores rurais, uma vez que o custo do transporte vem limitando o potencial produtivo dos solos da região. Assim, o município ultrapassou a marca de 938 toneladas transportadas, beneficiando 36 produtores rurais.

Ações garantiram o desenvolvimento da agropecuária de Porto Velho Ações garantiram o desenvolvimento da agropecuária de Porto VelhoPara aumentar a produção por hectare de forma sustentável, o programa “Terra Produtiva” chegou a atender mais de 960 produtores com gradagem, contemplando mais de 2,1 mil hectares.

Outro destaque foi o aumento de 150% na produção da apicultura. Graças ao apoio da Semagric, o número de produtores cadastrados subiu de 18 para 45 apicultores assistidos.

RESULTADOS DIVERSOS

A estimativa é de que mais de 1.600 atendimentos foram realizados diretamente pelas ações da secretaria e 19% da população rural atendida indiretamente pelas ações das estradas vicinais.

De janeiro a outubro de 2021, 20 produtores da bovinocultura leiteira foram assistidos no projeto Assentamento Joana D’arc com orientação técnica em manejo, nutrição e produção.

Também foram firmadas parcerias com o Sebrae para o melhoramento genético do rebanho, projeto em andamento com recursos da Prefeitura no valor de R$ 250 mil reais e que atenderá mais de 300 produtores. Já o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) certificou 15 empresas e mais de 70 produtores da agroecologia foram atendidos.

Foram captados, ainda, mais de R$ 3,7 milhões do Fundo para Infra-Estrutura de Transportes e Habitação-Fitha, R$ 348 mil de emendas estaduais e R$ 2,1 milhões de emendas federais.

Texto: Renata Beccária
Foto: Leandro Morais e Semagric

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Publicidade

educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook

carregando...