Conectado por

Rondônia, sexta, 03 de dezembro de 2021.



Geral

Governo de Rondônia recebe comitiva da Sudam para avançar na consolidação da Zona de Desenvolvimento Sustentável na Amazônia


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

Encontro realizado no Governo de Rondônia debate consolidação da Zona de Desenvolvimento Sustentável Abunã-Madeira (ZDS)

 


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Unidos pelo mesmo objetivo: reduzir a pressão sobre as florestas e aumentar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) em estados amazônicos. É assim que avançam as discussões entre a Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) e estados para consolidação da Zona de Desenvolvimento Sustentável Abunã-Madeira (ZDS). Na quarta-feira (17) e nesta quinta-feira (18), foi em Rondônia que as discussões se ampliaram durante o encontro técnico com a presença de representantes do Governo do Estado e instituições parceiras.

O projeto da Zona de Desenvolvimento Sustentável Abunã-Madeira apresentado pela Sudam, no auditório Jerônimo Santana, na sede do Executivo Estadual, abrange 32 municípios do Sul do Amazonas, Leste do Acre e Noroeste de Rondônia, cuja área total é de 454.220 km². Uma região, segundo a Sudam, que tem o desafio de promover o desenvolvimento ambiental aliado ao desenvolvimento socioeconômico para uma população estimada em aproximadamente 1,7 milhão de pessoas, sendo que 43% dos municípios inseridos na iniciativa possui baixo IDH.

Rondônia é o segundo Estado que recebe os encontros técnicos promovidos pela Sudam para apresentação da ZDS. A empreitada teve início na terça-feira (16) em Manaus e terá continuidade nesta sexta-feira (19), em Rio Branco. O gestor da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), Evandro Padovani, que representou o governador Marcos Rocha, no encontro, garantiu que o Governo de Rondônia tem compromisso com o desenvolvimento sustentável e interesse em contribuir para a consolidação da ZDS.

‘‘Estamos no caminho certo, somos grandes produtores de alimentos, mas sempre pensando em sustentabilidade, e com essa união vamos conseguir avançar em várias áreas necessárias, inclusive em pesquisa em tecnologias para produzir mais, sem precisar de mais terras’’, considera Padovani.

O secretário da Agricultura pontuou ainda outros grandes investimentos projetados para fortalecer o desenvolvimento do Estado, a exemplo a regularização fundiária, Ceasa Estadual (Central de Abastecimento) e o asfaltamento do Expresso-Porto.

Diretor executivo da Sedec, Avenilson Trindade, pontua benefício da construção conjunta de ações para o desenvolvimento sustentável

A superintendente da Sudam, Louise Caroline Campos Löw, considerou importante as contribuições feitas pela equipe de Governo e destacou que esta é a fase inicial do projeto da Zona de Desenvolvimento Sustentável Abunã-Madeira, que deve ser institucionalizada por meio de decreto.

‘‘A intenção é trazer alternativas viáveis pensando na qualidade de vida do povo desta região e na construção centurião de proteção da floresta amazônica com projetos ambientalmente sustentáveis’’, afirma Louise Caroline Campos Löw

Ela destaca como frentes a serem trabalhadas o desenvolvimento produtivo que engloba o agronegócio sustentável, turismo, bioeconomia e indústria; e Infraestrutura Econômica e Urbana que inclui logística e transporte, energia, telecomunicações. ‘‘Rondônia é um estado muito participativo. Temos o interesse comum de pensar no desenvolvimento econômico para o nosso povo, mas sempre focado na sustentabilidade ambiental’’, considera a superintendente.

O diretor de Planejamento Estratégico e Política da Sudam, André Azevedo, destacou que o encontro foi importante para compartilhar com a equipe do Governo de Rondônia e representantes de instituições parceiras a metodologia da criação do projeto Zona de Desenvolvimento Sustentável Abunã-Madeira. ‘‘Também fizemos a construção inicial do Plano de Ação com as sugestões do Estado e informamos sobre a criação de um núcleo que será composto, inclusive por integrantes indicados pelo Governo. Rondônia está sempre nos surpreendendo, é um Estado pujante, muito bem estruturado e com propostas pertinentes’’, avalia.

Para o diretor executivo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Avenilson Trindade, o encontro é importante, pois o produto final serão ações que vão transformar essa região, incluindo Rondônia. ‘‘No final de tudo teremos ações dos três estados, juntando propostas de Rondônia, Acre e Amazonas, e juntos teremos a possibilidade de estruturar a região para fortalecer o desenvolvimento econômico’’.

Também estiveram presentes ao encontro representantes da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), Secretaria de Estado de Obras e Serviços Públicos (Seosp) e da Sociedade de Porto e Hidrovias (Soph).

Publicidade

educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook