Conectado por

Rondônia, sexta, 03 de dezembro de 2021.



Geral

Detran Rondônia instala carteiras tecnológicas em três municípios do Estado


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

Carteiras tecnológicas vão atender usuários de Ouro Preto do Oeste, Rolim de Moura e de Porto Velho

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) Rondônia iniciou a instalação de carteiras tecnológicas nos municípios de Ouro Preto do Oeste e Rolim de Moura, com previsão também para Porto Velho. As carteiras digitais vão atender o público da Coordenadoria da Escola Pública de Trânsito (Ceptran) e a Coordenadoria de Educação de Trânsito (CET). Além da evolução tecnológica, os equipamentos vão gerar economia para o órgão que não vai precisar imprimir o material utilizado em cursos e ações educativas.


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Ao todo, são 50 carteiras digitais, das quais 44 são para os usuários, três específicas para professores e outras três para pessoas com deficiência. Para os municípios de Ouro Preto do Oeste e Rolim de Moura foram enviadas 17 carteiras tecnológicas, sendo 16 para os usuários, uma para pessoa com deficiência e a específica para o professor.

Segundo a diretora técnica de Educação de Trânsito (Dtet) Claudia Roberta Stochi, as carteiras tecnológicas já estão em fase final de instalação pelos profissionais da Coordenadoria de Tecnologia da Informação (CTI) em Ouro Preto do Oeste e Rolim de Moura. “Nessas duas localidades as carteiras digitais já foram instaladas e os equipamentos estão sendo formatados e baixados os programas necessários para a utilização”.

Com a instalação das carteiras digitais, o Detran Rondônia terá economia com papel e impressão

De acordo com o chefe da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Ouro Preto do Oeste, Antônio José Costa Campos, as carteiras tecnológicas foram instaladas em uma sala na área da pista de teste; assim que instalar a rede wi-fi os equipamentos já estarão em condições de serem utilizados.

Já em Porto Velho, Roberta Stochi, explica que a instalação dos equipamentos deve demorar um pouco, por conta da mudança da Diretoria de Educação de Trânsito para outro prédio. Na Capital serão instaladas 16 carteiras tecnológicas. Quinze para os usuários e uma para pessoa com deficiência uma para o professor.

“A mesa tecnológica do professor é diferente do usuário, é maior, com mais capacidade de armazenamento, pois será guardada na memória da máquina todo o material didático que vai ser utilizado na aula”, afirmou Roberta Stochi.

As máquinas também serão utilizadas pela Coordenadoria de Educação de Trânsito para ações educativas por meio de jogos eletrônicos com conteúdos educativos.

Publicidade

educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook