Conectado por

Rondônia, sexta, 03 de dezembro de 2021.



Folha

Bolsonaro é criticado após visitar área de garimpo ilegal em terra indígena que prometeu anular


Compartilhe:

Publicado por

em

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) visitou uma região de garimpo ilegal dentro da Terra Indígena (TI) Raposa Serra do Sol (RR), na terça-feira (26). Em discurso, o mandatário voltou a defender a legalização da atividade.


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

A visita ocorreu na comunidade Flechal, município de Uiramutã, fronteira com a Venezuela. Um relatório recente do CIR (Conselho Indígena de Roraima), que criticou duramente a presença de Bolsonaro, afirma que o garimpo ilegal de ouro começou ali há cerca de dois anos, em meio a uma invasão generalizada de garimpeiros, incentivados pela promessas de regularização feitas pelo presidente.

“De maneira mais ampla, lideranças relatam que o garimpo ilegal na região das Serras tem agravado uso abusivo de álcool, cujo consumo é proibido em terras indígenas, e de drogas ilícitas, como a maconha. Há uma desestruturação social das comunidades porque jovens estão deixando de trabalhar nas roças, com a comunidade, já não colabora mais com ninguém para trabalhar apenas garimpando; tornaram-se ‘escravos daquele ritmo de vida’, relatam”, diz o documento.
Leia mais (10/28/2021 – 04h00)


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Fonte: Folha de São Paulo

Publicidade

educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook