Conectado por

Rondônia, quarta, 01 de dezembro de 2021.



Exame

“Move-to-earn”: novo modelo de jogo em blockchain de R$ 45 milhões


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

O Genopets, jogo baseado no blockchain da Solana que utiliza tokens não fungíveis (NFTs) para rodar o formato move-to-earn, ou “movimente-se para lucrar”, onde os jogadores são recompensados pelos passos que caminham na vida real, angariou 8,3 milhões de dólares (45,7 milhões de reais) em uma rodada seed de investimentos, de acordo com um anúncio da companhia nesta segunda-feira, 18.

A rodada de investimentos foi liderada pela Konvoy Ventures e Pantera Capital, com investimentos da Alameda Research, Old Fashion Research, Solana Capital, Xoogler Ventures, Mechanism Capital e Animoca Brands.


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

O jogo utiliza dados dos celulares e smartwatches de seus usuários para converter os passos caminhados na vida real em recompensas no jogo. O CEO do Genopets, Albert Chen, afirmou em um comunicado de imprensa que sua vontade é que o jogo gere “renda passiva para as pessoas como uma forma de incentivá-las a se manter fisicamente ativas”.

Diferentemente do popular jogo em blockchain Axie Infinity, onde os usuários precisam comprar três personagens em NFTs que podem custar centenas ou até mesmo milhares de dólares antes de começar a jogar, os NFTs que você precisará ter para jogar Genopets serão gratuitos.

Após adquirir seus NFTs, os usuários podem escolher um “habitat virtual” para seus personagens, o que pode agilizar o processo de obtenção de lucro. Assim que o habitat for escolhido, um marketplace para itens adicionais é disponibilizado.

Ao combinar os métodos free-to-play (“grátis para jogar”, em português) e play-to-earn (“jogue para lucrar”), o Genopets busca se tornar uma ponte entre os jogadores de fora do mundo cripto e os já habituados com a tecnologia blockchain, a fim de atrair maior audiência. A companhia também vislumbra parcerias futuras entre os jogos no estilo “movimente-se para lucrar” e as companhias que produzem smartwatches e produtos similares, afirmou Chen em entrevista.

“O método play-to-earn gerou uma intersecção entre os jogos online e o blockchain que impressionou usuários: ganhar dinheiro de verdade em proporção à sua performance dentro do jogo”, afirmou o sócio da Pantera Capital, Paul Veradittakit. “Essa é uma tendência que estivemos monitorando bem de perto. Nós acreditamos que isso irá transformar totalmente a indústria de jogos e embarcar milhões de usuários no ecossistema cripto”.

Texto traduzido por Mariana Maria Silva e republicado com autorização da Coindesk

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube

Fonte: Revista Exame

Publicidade

educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook