Conectado por

Rondônia, quarta, 20 de outubro de 2021.



Jurídicas

Júri condena homem que matou irmão e ocultou cadáver em fossa séptica 


Compartilhe:

Publicado por

em

Eliton Dione da Silva Prado foi morto a facadas pelo irmão, em 2019


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

O Tribunal do Júri da Comarca de Vilhena condenou o réu Edson Luiz da Silva Prado por homicídio qualificado e ocultação do cadáver do irmão, Eliton Dione da Silva Prado. O crime ocorreu em agosto de 2019, na cidade de Vilhena. Pelos crimes, Edson Luiz da Silva Prado foi condenado a mais de 7 anos de reclusão e 11 dias multa. A sessão do Júri foi realizada nesta quarta-feira, 06.

De acordo com a sentença de pronúncia, Edson confessou que matou Eliton a facadas. Alegou legítima defesa, asseverando que a vítima, sob efeito de álcool e drogas, o teria atacado com uma faca. A versão não foi acatada pelo Júri. A denúncia também narrou que, em seguida, ele ocultou o cadáver da vítima no interior de uma fossa séptica e cobriu com terra, sendo o corpo encontrado apenas alguns dias depois do homicídio, à vista do mau cheiro que passou a exalar pela vizinhança.


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Qualificado nos autos, Edson foi condenado por homicídio e, por conexão, ocultação de cadáver. Ele está preso e poderá recorrer da sentença.

 

Assessoria de Comunicação Institucional

Publicidade

GOVERNO DE RONDÔNIA educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook