Conectado por

Rondônia, segunda, 18 de outubro de 2021.



G1

Suspeito de ter empurrado colega de trabalho de prédio em Cacoal, RO, é procurado


Compartilhe:

Publicado por

em


Artemison Maia teve mandado de prisão preventiva expedido e está foragido. Polícia Civil pede que, caso alguém tenha informações sobre o paradeiro do suposto agressor, ligue para o 190. Um homem, de 34 anos, suspeito de ter atacado um colega de trabalho e o empurrado de um prédio, está sendo procurado pela Polícia Civil. Artemison Maia Teixeira teve a prisão preventiva decretada pela Justiça de Rondônia, e ainda tem outro mandado em aberto, expedido no Amapá.
Segundo as investigações, o suspeito e a vítima, Marco Antônio, estavam bebendo em um final de tarde quando, chegando no dormitório da empresa, começaram a discutir na sacada do segundo andar.
Testemunhas informaram que a vítima estava sendo provocada para subir até a sacada e enfrentar o suspeito do crime. Marco Antônio foi atacado com um objeto perfurante no pescoço e na cabeça, e possivelmente empurrado da sacada.
A vítima morreu depois de passar quatro dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Segundo o laudo pericial, a causa da morte foi traumatismo craniano, causado pela violência dos golpes na cabeça.
Ainda conforme a polícia, o autor do crime teria fugido do local e está foragido. Com a morte de Marco, a Justiça emitiu um mandado de prisão preventiva contra o suspeito, que já tem outro mandado em aberto por furto no estado do Amapá.
A delegada responsável pelo caso, Érica Demarchi, acredita que Artemison, também conhecido como Pará, ainda na região e pede que caso alguém tenha informações ligue para o 190 e denuncie.
Polícia divulgou foto do foragido Artemison Maia Teixeira. Quem souber do paradeiro dele, deve ligar no 190
Polícia Civil/Divulgação
Veja mais notícias de Rondônia

Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Fonte: G1 Rondônia

Publicidade

GOVERNO DE RONDÔNIA educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook