Conectado por

Rondônia, quinta, 28 de outubro de 2021.



Esporte

Brasil tem dia de altos e baixos no Mundial de tênis para cadeirantes


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

O segundo dia do Campeonato Mundial por equipes de tênis em cadeira de rodas foi de altos e baixos para o Brasil. Nesta terça-feira (28), a seleção de juniores estreou derrotando a Argentina no torneio da categoria por dois jogos a um (os confrontos são realizados em melhor de três). A equipe da classe quad (atletas com deficiências em três ou mais extremidades) perdeu dos Estados Unidos por três partidas a zero.

A competição é realizada em Alghero, província da Sardenha (Itália). Os duelos podem ser acompanhados ao vivo no canal do YouTube da Federação Internacional de Tênis (ITF, sigla em inglês).


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

No torneio de juniores (onde as seleções são mistas), o Brasil saiu na frente dos argentinos com a vitória de João Lucas Takaki, número seis do ranking masculino da faixa etária, sobre Gonzalo Lazarte (30º) por duplo 6/3. No duelo seguinte, Benjamin Silvetti (16º) levou a melhor sobre Jade Lanai, segunda do mundo entre as meninas, também por 2 sets a 0 (6/1 e 6/3). Nas duplas, a parceria entre João Lucas e Jade bateu Lazarte e Silvetti por 2 a 0 (6/4 e 6/2).

Os brasileiros integram o Grupo 2 da competição de juniores e ainda terão pela frente Japão e Turquia. O próximo compromisso ainda será agendado pela organização.

No quad, após surpreender o campeão Japão, o Brasil não resistiu ao favoritismo dos EUA. No primeiro jogo, Leandro Pena (sem ranking) deu trabalho a Bryan Barten (nono do mundo), mas foi superado por 2 sets a 1 (2/6, 7/6 e 6/2). Na sequência, Ymanitu Silva (oitavo) e David Wagner (quarto) reeditaram o duelo que marcou a estreia de ambos na Paralimpíada de Tóquio (Japão). O norte-americano voltou a se dar melhor, ganhando por 2 a 0 (6/1 e 6/3). Por fim, Ymanitu e Leandro perderam de Wagner e Nicholas Taylor (14º) por duplo 6/1.

Nesta quarta-feira (29), a partir das 4h30 (horário de Brasília), o time brasileiro enfrenta o Canadá, pela última rodada do Grupo 2, tendo de vencer para assegurar um lugar na semifinal. Caso encerre a chave na terceira posição, a seleção verde e amarela da classe quad garante, ao menos, classificação antecipada ao Mundial do ano que vem.

No mesmo dia e horário, as equipes masculina e feminina da classe open (tenistas com deficiência nos membros inferiores) disputam a segunda rodada dos respectivos torneios no Mundial. A seleção dos homens, que figura no Grupo 4, encara a França, que venceu Sri Lanka na estreia (os brasileiros superaram a Bélgica). A das mulheres, que está no Grupo 2 e vêm de vitória sobre a África do Sul, mede forças com o favorito Japão.

Fonte: Agencia Brasil – Esportes

Publicidade

GOVERNO DE RONDÔNIA educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook