Conectado por

Rondônia, sexta, 22 de outubro de 2021.



Geral

Com 80 mil km de redes, Energisa orienta clientes a não mexerem nas estruturas de energia


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

Ação de conscientização para evitar acidentes em casa, no lazer e durante o trabalho tem sido realizadas em várias regiões do estado, em parceria com órgãos públicos, sindicatos, associações de moradores etc.

 A Energisa já construiu mais de 17 mil km de novas linhas de transmissão e de distribuição em Rondônia. São mais de 80 mil km de cabos e quase 6 mil torres que só podem ser acessados por técnicos treinados. Em algumas regiões, porém, a empresa vem registrando tentativas de acesso indevido na rede, o que representa um grave risco tanto para quem acessa quanto para a população, que pode ficar sem energia. O gerente de manutenção de redes de Alta tensão, Filipe Lima, explica que as novas redes contam com equipamentos de automação e podem ser energizadas mesmo a distância, o que ocorre em alguns testes. Por isso, a regra, sem exceção, é não se aproximar. “Segurança é nossa prioridade. Por isso, alertarmos a população para que não acesse a rede mesmo se não estiver em operação ainda”, frisou.


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

As ações de conscientização junto à comunidade também ocorrem através de palestras para estudantes, produtores ruais, profissionais da construção civil e telefonia. Cerca de 200 pessoas já participaram dos encontros que seguem protocolos de saúde contra a Covid-19. O material orientativo mostra a importância de a população agir com segurança e apresenta dicas para atuação durante obras, em momentos de lazer e até dentro de casa. Lima enfatiza que qualquer interação com a rede elétrica precisa ser realizada por profissionais capacitados e utilizando equipamentos de proteção individual corretos para a atividade. Ainda destaque que vandalismo, pipas, manipulação indevida e contato com a rede elétrica com automóveis estão entre as ações de maior risco e que podem ser evitadas. “Antes de iniciar qualquer atividade, faça uma avaliação preliminar de risco. Manusear objetos metálicos próximo a rede elétrica pode provocar acidentes sérios e até ser fatal. A segurança é responsabilidade de todos”, afirmou. Os moradores podem contribuir para a prevenção de acidentes informando à concessionária através dos canais de atendimento sobre situações que represente risco.

Em quase três anos de atuação, a Energisa investiu R$ 1,7 bilhões em melhorias da rede elétrica, incluído a instalação de equipamentos que auxiliam na segurança como dispositivos que desligam o fornecimento em caso de curto-circuito provocado, por exemplo, por acidentes de trânsito. O contato é disponível gratuitamente 24 horas por dia pelo 0800 647 0120, aplicativo Energisa, www.energisa.com.br ou whatsapp GISA (69 9 9358-9673).

Confira algumas das orientações:

  • Nuca toque ou se aproxime de cabo de energia partido;
  • Não tente socorrer quem estiver preso a um cabo partido. Chame imediatamente a Energisa;
  • Não solte pipa próximo às redes de energia e subestações;
  • Em caso de acidente de trânsito envolvendo poste de energia, espere dentro do veículo a chegada da equipe da Energisa e não toque nas partes metálicas do automóvel;
  • Nunca realize poda de árvores que estejam em contato com a rede elétrica;
  • Evite construir ou reformar perto da rede elétrica. Respeite a distância mínima de 2 metros na horizontal e 3 metros na vertical.
  • Tenha cuidado ao manusear objetos metálicos (vergalhões, escadas, antenas de televisão, andaimes) perto da rede elétrica.
  • Nuca escale postes ou torres de energia;
  • Não opere maquinário agrícola próximo a rede de energia. Tenha cuidado com antenas de rádio e caçambas ao manobrar os veículos.
  • Outras orientações estão disponíveis nas redes sociais  da Energisa e no canal no Youtube.

Publicidade

GOVERNO DE RONDÔNIA educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook