Conectado por

Rondônia, domingo, 28 de novembro de 2021.



Economia

Para a FIERO, Pronampe dará fôlego às micro e pequenas indústrias


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

Micro e pequenas indústrias e empresas já contam com as linhas de créditos do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). Desde esta quarta-feira, 7, os bancos credenciados disponibilizam os financiamentos no intuito de fortalecer o setor.

Para o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (FIERO), Marcelo Thomé, o retorno do Pronampe é uma alternativa para dar fôlego aos empresários nesta retomada da economia. “O Pronampe ajudará os micro e pequenos, um dos segmentos mais atingidos durante a pandemia. Alternativa esta, que apresenta juros competitivos e atrativos e que servirá para impulsionar os negócios”, afirma.


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

O Pronampe é um programa do governo federal instituído através da Lei 13.999, de maio de 2020, e serviu para socorrer e combater os efeitos econômicos da pandemia dos pequenos negócios e vigorou até o final de dezembro e que agora foi retomado. Em Rondônia, mais de 80 mil empresas têm direito ao crédito especial.

De acordo com a superintendência da Caixa Econômica em Rondônia, nesta nova rodada do Pronampe, as micro e pequenas empresas poderão tomar empréstimos com taxa de juros máxima de 6% ao ano mais Selic. O prazo de carência aumentou de oito para 11 meses. Outra mudança nesta edição do programa é com relação ao prazo máximo do financiamento que subiu de 36 meses para 48 parcelas.

Conforme ainda a superintendência, os financiamentos são destinados às microempresas com receita bruta anual igual ou inferior a R$ 360 mil e empresas de pequeno porte com receita bruta anual de até R$ 4,8 milhões, sendo que o limite de contratação é de até R$ 150 mil por CNPJ somadas as operações já contratadas.

Publicidade

educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook