RONDONIA RO
Conectado por

Rondônia, quinta, 05 de agosto de 2021.



G1

Detentos fogem do Centro de Ressocialização de Ariquemes, RO, durante banho de sol


Compartilhe:

Publicado por

em


Ao G1 a Sejus confirmou que sete presos fugiram e um deles foi recapturado nesta sexta-feira (18). Centro de Ressocialização de Ariquemes
Rinaldo Moreira/G1
Nesta sexta-feira (18) uma fuga foi registrada no Centro de Ressocialização de Ariquemes (RO). Pelo menos sete detentos conseguiram escapar da unidade de acordo com o Sindicato dos Policiais Penais e Agentes de Segurança Socioeducativos do Estado de Rondônia (Singeperon).
Durante a manhã, aproximadamente 50 presos estavam no banho de sol em uma área de 40 m². No local há uma grade que os detentos forçaram, cederam as barras de ferro e conseguiram chegar até o pátio do Centro de Ressocialização.
Após isso os policiais penais interceptaram a ação, mas pelo menos sete detentos conseguiram fugir.
“Essa fuga foi bem diferente de todas as outras porque foi no período diurno e no horário de banho de sol. Geralmente as fugas acontecem no período da madrugada quando os presidiários serram as grades e pulam os alambrados. Se não fosse a ação rápida dos policiais penais aproximadamente 50 presos poderiam ter fugido”, informou Clebis Dias, representante do Singeperon.
Ao G1 a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) confirmou que sete presos empreenderam fuga e um deles foi recapturado.
Em nota, a secretaria informou que o ocorrido é objeto de apuração pela corregedoria da Sejus e a equipe de inteligência da secretaria está trabalhando em conjunto com a Polícia Civil para recapturar os foragidos.
Com histórico de fugas e denúncias de tortura, presídio de Ariquemes tem 307% de superlotação
Inaugurado há pouco mais de três anos, o Centro de Ressocialização de Ariquemes já acumula um extenso histórico de fugas e superlotação. Com 198 vagas no projeto, na mesma semana da inauguração, o presídio já foi ocupado por mais de 400 presos.
VÍDEOS: veja mais notícias de Rondônia

Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Fonte: G1 Rondônia