RONDONIA RO
Conectado por

Rondônia, sábado, 19 de junho de 2021.



G1

Pessoas acima de 20 anos com comorbidades começam a ser vacinadas na sexta (4) em Porto Velho


Compartilhe:

Publicado por

em


Para receber a vacina contra Covid-19, público deve fazer cadastro no aplicativo SASI. A vacinação acontece das 9h às 16h, no campus I da Faculdade Uniron, na Av. Mamoré. Pessoas com mais de 20 anos com comorbidades vão começar a receber a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 a partir de sexta-feira (4), em Porto Velho. De acordo com a prefeitura, a imunização acontece no campus I da Faculdade Uniron, na Av. Mamoré, das 9h às 16h.
Para receber o imunizante, este público deve fazer cadastro no aplicativo SASI e aguardar a confirmação do agendamento. O aplicativo pode ser baixado em aparelhos Android e em celulares da Apple. O sistema é autoexplicativo e para ativá-lo, o usuário deve digitar o código PVH21.
Para comprovar a comorbidade a pessoa deve levar documento original e cópia de laudos, ou exames, receitas, relatório médico, prescrição médica, cartão do BPC, cartão do hiperdia, entre outros. A cópia do documento ficará com a equipe de vacinação.
São consideradas como comorbidades as seguintes doenças:
diabetes mellitus;
hipertensão arterial sistêmica grave (de difícil controle e/ou com lesão de órgão-alvo);
doença pulmonar obstrutiva crônica;
doença renal;
doenças cardiovasculares e cerebrovasculares;
indivíduos transplantados de órgão sólido;
anemia falciforme e
obesidade grave.
Vacinação contra a Covid-19 em Porto Velho
Wesley Pontes/Prefeitura de Porto Velho
A prefeitura também informou que além das pessoas com mais de 20 anos com comorbidade, serão atendidas nesta sexta-feira:
pessoas com doença renal crônica acima de 18 anos;
pessoas com Síndrome de Down acima de 18 anos;
gestantes e puérperas acima de 18 anos;
pessoas com Deficiência Permanente, cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) com 20 anos ou mais.
Porto Velho voltou a imunizar gestantes e puérperas sem comorbidades, nessa semana. Segundo nota técnica, a apresentação de prescrição médica não é mais necessária. Grávidas devem apresentar a caderneta da gestante, já as mulheres no período pós-parto devem apresentar a certidão ou declaração de nascimento da criança.
Esse público continuará sendo atendido com a vacina da Pfizer.
Veja mais notícias de Rondônia

Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Fonte: G1 Rondônia