RONDONIA RO
Conectado por

Rondônia, quarta, 23 de junho de 2021.



Exame

Como avaliar o melhor momento para comprar ou vender uma ação


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Se escolher as melhores ações para investir já não é tarefa fácil, conseguir identificar o melhor momento para vendê-las é mais difícil ainda. Afinal, como saber se chegou a hora de desistir do investimento ou se é melhor segurá-lo para aproveitar uma possível valorização?

A resposta para essa pergunta é o que move o mercado financeiro. Não à toa, existem centenas de profissionais especializados em analisar empresas com o objetivo de encontrar o chamado “preço justo” de suas ações para, então, identificar grandes oportunidades de investimento.


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Essas análises podem ser realizadas de duas formas: técnica ou fundamentalista. Entenda abaixo.

Análise técnica

Também conhecida como análise gráfica, ela busca antecipar as tendências de oferta e demanda por meio da análise de gráficos que retratam a variação dos preços de uma ação no passado.

A ideia é que, com base no movimento dos preços, regiões de suporte e resistência, entre outros modelos e técnicas, o investidor consiga encontrar pontos de entrada e de saída.⠀⠀

Análise fundamentalista

Já na análise fundamentalista, esse processo se dá por meio da análise de indicadores qualitativos (relacionados ao modelo de negócio da empresa) e por métodos de valuation.

Com base no método é possível identificar, por exemplo, se o preço de uma ação no homebroker está menor do que seu preço justo (o que representaria uma boa oportunidade de compra), ou se ela já se encontra supervalorizada (o que indicaria que é chegada a hora de vender).

Ou seja, o valuation busca encontrar uma discrepância entre o preço e o valor das ações. Assim, ao encontrar barganhas, mostra a hora de comprar. E, ao identificar que os fundamentos da empresa se perderam, revela a hora de vender.⠀

Mas qual é a diferença entre preço e valor?

Ainda que muitas vezes sejam usados como sinônimos, os dois termos têm significados diferentes dentro do mercado financeiro. Para Warren Buffett, um dos investidores mais influentes do mundo, “preço é o que você paga e valor é o que você recebe”.

Ou seja, quando falamos em preço, estamos nos referindo a quantia que você paga (ou recebe) para comprar (ou vender) uma ação.

Já o valor está relacionado ao que mais você recebe quando negocia uma ação, ou seja, àquilo que a empresa tem para te oferecer. Bons dividendos, projeções de crescimento ou até mesmo o fato de possuir uma boa gestão são alguns exemplos.

Entender a diferença entre ambos os termos (e conseguir identificar boas oportunidades de compra ou venda de ações com base nisso) é um dos fatores que diferencia um iniciante de um grande investidor.

Jornada do Investidor Independente⠀

Foi pensando nisso que a EXAME Academy, o braço educacional da EXAME, desenvolveu a Jornada do Investidor Independente, um treinamento virtual e gratuito que tem como principal objetivo capacitar investidores para que consigam, sozinhos, identificar verdadeiras barganhas na bolsa para montar um portfólio alinhado ao seu perfil e objetivos.

Cadastre-se no Jornada do Investidor Independente e aprenda a ter mais independência na sua tomada de decisão ao investir

Ministradas por Bruno Lima, head de renda variável da Exame Invest, as aulas acontecem entre os dias 14 e 21 de junho. Garanta sua vaga!

Fonte: Revista Exame

Publicidade

Últimas notícias

Facebook