RONDONIA RO
Conectado por

Rondônia, segunda, 14 de junho de 2021.



Exame

Dotz estreia na B3 e Itaú se reúne com investidores esta semana


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

(Bloomberg) – Após interromper e reduzir o espectro do seu IPO, a Dotz deve estrear a negociação de seus papéis na B3 na segunda-feira. Itaú, Fras-Le e Randon se reúnem com investidores nos próximos dias, as duas últimas dispostas a apresentar suas estratégias ESG ao mercado. Acompanhe a movimentação no mercado corporativo:

A semana

  • 31/maio: Estreia prevista das ações da Dotz na B3 após IPO
  • 01/junho: Randon e Fras-Le divulgam pilares estratégicos ESG para seus investidores
  • 02/junho: Banco Itaú Unibanco promove Itaú Day com investidores
  • 02/junho: Fenabrave divulga vendas de veículos em maio
  • 03/junho: Feriado Nacional de Corpus Christi, mercados fechados no Brasil
  • 04/junho: Nada previsto até o momento

Eletrobras no Senado?

Depois de passar com folga na Câmara, a MP que abre caminho para diluir a presença do governo no capital da Eletrobras precisa agora da aprovação do Senado, onde terá que disputar atenções com a CPI da pandemia. A MP precisa ser aprovada até 22 de junho para não perder a validade.

Azul quer Latam no Brasil


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

A companhia aérea Azul planeja fazer uma oferta para comprar a operação brasileira da Latam dentro do plano de recuperação judicial da companhia chilena, informou o Valor, citando fontes que falaram sob anonimato. O presidente da Latam disse na mesma reportagem que o grupo não pretende vender a subsidiária brasileira. As ações da Latam no Chile chegaram a ter as negociações suspensas depois da queda de 21,5% com a notícia.

BTG avalia oferta de units

O BTG Pactual avalia uma potencial oferta de units, em condições similares às suas captações anteriores, disse a instituição em comunicado. O banco, que anunciou a compra da Fator Corretora no início de maio, está perto de comprar também a holding Universa, dona da consultoria Empiricus, dos portais Seu Dinheiro e Money Times, por cerca de R$ 2 bilhões, disse o Estado citando fontes que falaram sob condição de anonimato.

Fonte: Revista Exame