RONDONIA RO
Conectado por

Rondônia, quarta, 14 de abril de 2021.



Exame

Remuneração de conselheiros e CEOs dispara e tem alta de até 33%


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

O Estudo de Conselhos de Administração 2020, feito pela consultoria Korn Ferry, mostra um forte aumento na remuneração dos presidentes de Conselhos de Administração e conselheiros entre 2018 e 2020.

Considerando apenas honorários fixos, foram 19% de aumento para presidentes e 14% para conselheiros.

Já no pacote total de pagamento, que inclui honorários fixos, incentivos de curto prazo e ações, o aumento foi de 33% para presidentes do conselho e 24% para conselheiros.

A pesquisa mostra também que a remuneração total representa em média 34% do pacote total que um CEO de uma empresa recebe.

Porém, considerando o controle acionário, nas empresas com controle familiar, o pacote pago ao presidente do conselho é acima da média, chegando a 51% do pacote pago para o CEO.

Em relação aos incentivos oferecidos, a concessão de ações se manteve estável, com 19% das empresas ofertando para algum cargo do conselho, sendo 18% para presidentes do Conselho de Administração, 11% para vice-presidente do conselho e 11% para conselheiros.

Comparativo de remuneração

Segundo a Korn Ferry, dentre as empresas que concedem ações, é possível observar que, por controle acionário, a maioria é de capital pulverizado, já em relação a receita líquida se destacam as que possuem abaixo dos R$ 5 Bilhões.

Outro ponto importante é que ao analisarmos por nível de governança, as companhias do Novo Mercado são as que mais concedem ações como incentivo para os conselhos.

Das companhias que participaram do estudo, 59% pagam adicional por participação em comitês, sendo que 57% das empresas oferecem para conselheiros, 26% para PCA e 48% para vice-presidente do conselho.

Fonte: Revista Exame