Conectado por

Rondônia, sábado, 27 de novembro de 2021.



G1

Rondônia tem 97 pessoas com Covid-19 na fila de espera por leitos de UTI


Compartilhe:

Publicado por

em

Estão ocupados todos os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para Covid-19 em Rondônia e 97 pessoas estão na fila esperando uma vaga de internação nesta sexta-feira (5).
“A rede privada está na mesma situação da rede pública: não têm leitos. Por favor, não se aglomerem, têm 97 pessoas na fila aguardando uma vaga [de UTI]”, disse o secretário de saúde Fernando Máximo.
Com o colapso no sistema de saúde, as transferências de rondonienses para hospitais de outros estados foram retomadas. Nesta sexta-feira, o Ministério da Saúde conseguiu 16 vagas para pacientes leves e moderados no Rio de Janeiro. Até esse momento, Rondônia transferiu 73 pessoas intubadas.
“Hoje eles embarcaram em um avião da FAB. Eles não são pacientes de UTI aérea, não são pacientes intubados, são leves e moderados. Estão indo 16 [pessoas]”, explicou o secretário.Para a Secretaria de Saúde o avanço da pandemia está diretamente ligado às variantes do vírus encontradas em circulação no estado. Com as novas cepas, as pessoas têm agravamento do quadro de saúde em um menor período de tempo.

Fiocruz diz que três variantes do coronavírus já em investigação pelo mundo foram achadas em Rondônia
“[Antes] eram 10 ou 12 dias para a pessoa ir piorando gradativamente. Agora a gente observa que em 24 ou 48 horas a pessoa já está intubada e muito grave. Essas cepas mais novas têm acometido crianças e pessoas mais jovens, inclusive com óbitos.
E ainda a reinfecção, pessoas que tiveram a primeira cepa no ano passado de forma leve e agora em estado grave”, complementou Fernando Máximo.

Três mil óbitos por Covid-19

Foram registradas 49 mortes por Covid-19 em Rondônia sexta-feira (5), segundo informações do painel da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Com esse número, o estado chegou aos 3.040 mortos.

Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

Fonte: G1 Rondônia

Publicidade

educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook