Conectado por

Plural Saúde

G1

Enem será reaplicado nesta terça, 23, para quase 4 mil candidatos em duas cidades de Rondônia


Publicado por

em


Rolim de Moura e Espigão foram as duas únicas cidades do estado que não participaram do exame em janeiro, devido à crise sanitária causada pelo coronavírus. Provas do Enem serão aplicadas em duas cidades de Rondônia
Ana Carolina Moreno/G1
Quase quatro mil candidatos participarão da reaplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nesta terça-feira (23) em Rolim de Moura (RO) e Espigão D’Oeste (RO). A prova ainda é a correspondente ao ano de 2020.
Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Rolim de Moura e Espigão foram as duas únicas cidades do estado que não participaram do exame em janeiro, devido à crise sanitária causada pelo coronavírus.
O Enem nestes dois munícipios será na terça-feira e quarta-feira (23 e 24). O Inep ressalta que a prova acontece na mesma data do Enem para pessoas privadas de liberdade, o Enem PPL, e tem o mesmo nível de dificuldade do Enem regular, mas com questões diferentes.
Em Rolim de Moura há 2.863 candidatos inscritos. Já em Espigão são 969 inscritos.
Cronograma Enem 2020
Reaplicação: 23 e 24 de fevereiro
Divulgação dos resultados: 29 de março
Veja perguntas e respostas para quem vai realizar o Enem:
Como saber o local de prova?
Os locais de prova podem ser consultados pelos inscritos no site na Página do Participante (clique aqui). É recomendável que os participantes cheguem com antecedência aos locais.
Quais os horários do Enem na reaplicação?
A abertura dos portões acontece às 10h30 (hora local) nos dois dias de prova. O fechamento dos portões será às 12h.
A aplicação das provas deve começar às 12h30, e encerrar às 18h no primeiro dia. No segundo dia, as provas devem encerrar às 17h30.
O que é preciso levar para realizar a prova?
É obrigatório levar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, documento de identificação válido e máscaras de proteção à Covid-19.
É aconselhável levar álcool em gel, cartão de Confirmação de Inscrição e declaração de Comparecimento impressa (caso precise justificar sua presença no exame).
Quais medidas de proteção contra Covid os participantes devem cumprir?
Antes de entrar na sala: higienizar as mãos ao entrar e sair do banheiro, e durante toda a aplicação do Exame. Respeitar o distanciamento entre as pessoas. Usar máscaras de proteção durante todo o tempo.
Para os casos previstos na Lei nº 14.019, de 2 de julho de 2020, será dispensado o uso da máscara para pessoas com autismo, deficiência intelectual, deficiências sensoriais ou com quaisquer outras deficiências que as impeçam de fazer o uso adequado de máscara. O descarte da máscara de proteção à Covid-19, durante a aplicação do Exame, deve ser feito pelo participante de forma segura nas lixeiras do local de provas.
O que fazer com aparelhos eletrônicos?
Guardar antes de entrar na sala de provas, em envelope porta-objetos, a Declaração de Comparecimento impressa, o telefone celular e quaisquer outros equipamentos eletrônicos desligados, além de outros pertences não permitidos.
Manter os aparelhos eletrônicos como celular, tablet, pulseiras e relógios inteligentes com todos os aplicativos, funções e sistemas desativados e desligados, incluindo alarmes, no envelope porta-objetos lacrado e identificado, desde o ingresso na sala de provas até a saída definitiva do local de provas.
Pode levar lanches para a sala?
Sim. Porém, o participante deve permitir que o lanche seja vistoriado pelo aplicador, respeitando os protocolos de proteção à Covid-19.
O que fazer após encerrar a prova?
O participante não deve utilizar o banheiro do local de aplicação após o término do seu exame e a saída definitiva da sala de provas.
Os três últimos participantes presentes sem juntos da sala de provas somente após assinatura da ata de sala, exceto nas salas de atendimento especializado.
Não estabelecer ou tentar estabelecer qualquer tipo de comunicação interna ou externa. Não registrar ou divulgar por imagem ou som a realização da prova ou qualquer material utilizado nas provas.
E quem não fez prova em janeiro por estar com Covid?
Candidatos que tiveram diagnóstico de Covid-19 ou aqueles que foram prejudicados por problemas logísticos, como salas lotadas, na aplicação de 17 e 24 de janeiro (prova impressa), e de 31 de janeiro e 7 de fevereiro (prova digital), tiveram direito a pedir uma nova aplicação do exame. Os pedidos foram analisados individualmente pelo Inep.
A prova é feita na mesma data do Enem para pessoas privadas de liberdade, o Enem PPL, e tem o mesmo nível de dificuldade do Enem regular, mas com questões diferentes.
A reaplicação será no formato impresso para todos os participantes que foram autorizados a refazer a prova, mesmo aqueles inscritos no Enem digital.
Quando será divulgado o resultado?
O resultado final, tanto da versão impressa quanto da digital e da reaplicação, será divulgado no dia 29 de março.
Veja mais notícias de Rondônia

Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Fonte: G1 Rondônia

Comentários do Facebook - Comente