Conectado por

Plural Saúde

G1

Com hospitais lotados em Cacoal, governo de RO abre edital para contratar 20 leitos de UTI ‘não Covid’


Publicado por

em


Antes da pandemia, o Hospital Regional de Cacoal tinha 18 leitos de UTI; agora esses leitos são todos para Covid. Hospital Regional de Cacoal vai ficar destinado ao tratamento/internação por Covid
Governo de Rondônia/Divulgação
O governo de Rondônia abriu um chamamento público, de caráter emergencial, para contratar mais 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) não Covid-19. O prazo de contrato terá duração de três meses.
Segundo edital, o pedido de contratação levou em conta a projeção da disponibilidade de leitos para atendimento não Covid-19 e teve como base de cálculo inicial a taxa de ocupação de leitos dos meses (abril a junho), período de ocorrência das internações por Covid-19 no Complexo Hospitalar Regional de Cacoal, que agora está com lotação de 85,6%.
“Neste contexto, com as instituições hospitalares da Macrorregião II não possuindo estrutura adequada para atendimento aos pacientes Covid-19, a estratégia mais hábil no momento é a contratação de leitos NÃO COVID-19 na rede privada, para assim destinar os leitos do Hospital Regional de Cacoal totalmente para pacientes Covid-19”, justifica o pedido.
Antes da pandemia, o Hospital Regional de Cacoal tinha 18 leitos de Unidade de Terapia Intensiva.
Ainda conforme reiterou o governo, a contratação de cerca de 20 leitos visa atender as necessidades da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).
A diária por cada leito de UTI, conforme prevê o chamamento, vai custar R$ 2.106,37 ao governo do estado.
A empresa contratada para ofertar UTI’s adultos não Covid deverá prestar serviço 24 horas por dia dia, inclusive sábados domingos e feriados. O contrato deve durar três meses.
Veja últimas notícias de Rondônia

Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Fonte: G1 Rondônia

Comentários do Facebook - Comente