Conectado por

Plural Saúde

G1

Suspeito de matar radialista é preso na divisa entre RO e MT quase 20 dias depois do crime


Publicado por

em


Homem de 32 anos estava escondido em uma serraria e não reagiu ao ouvir o motivo do mandado de prisão preventiva. Motivo do crime ainda não foi divulgado. A Polícia Civil de Machadinho D’Oeste (RO) conseguiu prender nesta quinta-feira (11) o suspeito de ter assassinado a tiros o radialista Eneias Rodrigues na cidade de Vale do Anari (RO). Ronaldo Bezerra Martins estava sendo procurado desde 23 de janeiro, quando ocorreu o crime.
Vídeo mostra som de tiro que matou radialista enquanto programa de padre estava no ar
Segundo a polícia, o suspeito foi localizado na rodovia Guatá, na divisa entre Rondônia e Mato Grosso. Ronaldo, de 32 anos, estava escondido em uma serraria e não reagiu ao ouvir o motivo do mandado de prisão preventiva.
Após ser preso em Guatá, o suspeito foi levado à delegacia de Machadinho D’Oeste. O motivo por qual Ronaldo matou o radialista ainda não foi divulgado.
Ataque na frente da rádio
Vítima Eneias Rodrigues Soares, de 29 anos, era radialista em Vale do Anari
Facebook/Reprodução
O radialista Eneias Rodrigues Soares, de 29 anos, foi atacado a tiros na frente da rádio Ativa Anari, no município do Vale do Anari. Ele morreu depois de ser baleado e socorrido ao pronto-socorro, no dia 23 de janeiro.
De acordo com um funcionário da rádio Ativa FM, Eneias estava de plantão quando se retirou do estúdio e em dado momento a testemunha escutou um barulho de tiro.
Ao sair da sala para ver o que estava ocorrendo, a testemunha viu um homem (do lado de fora do prédio) segurando uma garrucha e agredindo Eneias com um pedaço de madeira. Nesse momento teria ocorrido um novo disparo.
Uma câmera que estava no estúdio capturou o momento do som do tiro que matou o radialista. O ataque foi enquanto o programa “Momento com Maria” estava no ar, e era apresentado por um padre da cidade (veja abaixo)
Vídeo mostra momento que microfone da rádio grava som do tiro que matou radialista
Veja mais notícias de Rondônia

Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Fonte: G1 Rondônia

Comentários do Facebook - Comente

Publicidade

Mais destaques

Facebook