Conectado por

Rondônia, segunda, 08 de março de 2021.


Plural Saúde

Exame

LVMH investe em gastronomia com o novo café da Louis Vuitton no Japão


Publicado por

em


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Passar uma tarde passeando por Osaka e visitando a nova loja da Louis Vuitton pede por um café, ou jantar, com a insígnia da grife francesa. Isso será possível em breve, quando a Louis Vuitton, que acaba de inaugurar sua nova loja em Osaka, abrir um café e restaurante nos últimos andares do prédio. 

Aprenda a investir para fazer sua viagem dos sonhos. Saiba mais


Continua após a publicidade

A Louis Vuitton Maison Osaka Midosuji fica no bairro de Shinsaibashi e foi inaugurada na segunda-feira, 1º. O projeto foi feito em colaboração com os arquitetos Jun Aoki e Peter Marino, e conta com painéis brancos que remetem a velas náuticas e destacam o monograma da marca em dourado. 

É possível tomar um café ou drinque no terraço do prédioStéphane Muratet/Divulgação

No último andar do prédio estão o Le Café V e o restaurante Sugalabo V, que conta com o cardápio desenvolvido pelo chef japonês Joël Robuchon Yosuke Suga, do premiado restaurante em Tóquio, Sugalabo, 47ª posição do ranking The 50 Best da Ásia de 2019. Os pratos do novo restaurante são uma fusão da culinária japonesa e francesa. 


Continua após a publicidade

A decoração é uma atração à parte, já que a entrada do Sugalabo V remete a um speakeasy, e se abre para um salão marrom chocolate com vista para a cozinha aberta. Já o café conta com cores claras e móveis coloridos, além de um bar de coquetéis feito de latão. Tanto o café quanto o restaurante contam com um terraço ao ar livre, e serão inaugurados no dia 15 de fevereiro. As reservas serão apenas para grupos fechados para convidados da marca.

O restaurante Sugalabo V conta com cardápio desenvolvido pelo <em>chef</em> japonês Joël Robuchon Yosuke Suga, com fusão entre culinária japonesa e francesa.Stéphane Muratet/Divulgação

A abertura do café e restaurante é um novo passo do grupo francês de produtos de luxo LVMH, que também planeja reformular a vasta linha da Tiffany & Co para se concentrar mais em ouro e pedras preciosas, após fechar a aquisição de 15,8 bilhões de dólares da joalheria americana neste mês.

Fonte: Revista Exame

Comentários do Facebook - Comente

Publicidade

Mais destaques

Facebook