Conectado por

Plural Saúde

G1

Idosos com mais de 80 anos começam a ser vacinados contra o coronavírus em Porto Velho


Publicado por

em


Imunização acontece até a próxima sexta-feira (5). Segundo a Semusa, mais de 3 mil agendamentos foram feitos. Seu Hélio, de 97 anos, foi um dos vacinados na escola João Bento da Costa, em Porto Velho
Armando Júnior
A campanha de vacinação contra o coronavírus para idosos com mais de 80 anos começou nesta terça-feira (2), em Porto Velho e segue até a próxima sexta-feira (5). Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), foram realizados 3.500 agendamentos, distribuídos entre os seis pontos de vacinação divulgados pela prefeitura na última semana.
Diariamente, cada unidade receberá 435 agendamentos pela manhã e mais 453 agendamentos pela tarde.
Os idosos da capital estão sendo imunizados com a vacina da CoronaVac, desenvolvida pela AstraZeneca, e pela Universidade de Oxford, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).
Quem recebeu a primeira dose do imunizante nesta semana, deverá receber a 2ª dose do imunizante só daqui três meses.
Movimentação
No início da manhã houve aglomeração e atraso na aplicação do imunizante em alguns pontos de vacinação, mas, ao longo do dia, a vacinação aconteceu sem problemas.
Em alguns pontos de vacinação de Porto Velho, houve filas e atraso na aplicação da vacina
Armando Júnior
Acamados
Para os idosos com mais de 80 anos que estão acamados, a Semusa garante que a vacinação começa na próxima semana.
A secretaria explicou que a equipe irá se deslocar até a residência ou unidade de saúde onde o idoso estiver, para que a imunização seja feita.
Mais de 30 mil idosos
De acordo com a Prefeitura de Porto Velho, a capital tem mais de 34 mil idosos. Como não foi enviado doses suficientes para aplicar em todos do grupo de risco, a campanha será feita por blocos.
O primeiro bloco é composto por idosos acima de 80. O segundo bloco por idosos acima de 70 e assim sucessivamente.
Veja mais vídeos do G1 Rondônia

Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Fonte: G1 Rondônia

Comentários do Facebook - Comente

Publicidade

Mais destaques

Facebook