Conectado por

Rondônia, domingo, 07 de março de 2021.


Plural Saúde

Exame

Nove candidatos disputam presidência da Câmara nesta segunda


Publicado por

em


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

A disputa pela presidência da Câmara, nesta segunda-feira, 1º, conta com nove candidatos. O prazo para registro de candidaturas acabou às 17h, antes do início da sessão que definirá o sucessor de Rodrigo Maia (DEM-RJ), que teve início pouco depois das 19h. O deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) decidiu lançar candidatura nesta segunda-feira, faltando menos de meia hora para o fim do prazo, e se somou aos outros oito que já estavam confirmados.

Kataguiri classifica sua candidatura como de “protesto” em relação aos nomes postos. Os principais candidatos são Arthur Lira (PP-AL), apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro, e Baleia Rossi (MDB-SP), candidato do atual presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Lira protocolou um bloco de apoio com 11 legendas, que somam 236 deputados. Baleia conta com bancadas de 10 partidos, com 211 deputados. Mas, na prática, o número é diferente. Como o voto é secreto, são esperadas traições de ambos os lados.


Continua após a publicidade

Os outros candidatos são Luiza Erundina (PSol-RJ), Marcel Van Hattem (Novo-RS), Alexandre Frota (PSDB-SP), Fábio Ramalho (MDB-MG), André Janones (Avante-MG) e General Peternelli (PSL-SP). O deputado Capitão Augusto (PL-SP) abriu mão da candidatura na semana passada. Cada candidato poderá discursar por dez minutos no plenário, para apresentar propostas. A votação é feita logo em seguida, de forma secreta.

Mesa Diretora

Depois da eleição do presidente, serão apurados os votos para os demais membros da Mesa Diretora, que ocuparão os cargos também pelos próximos dois anos. São dois vice-presidentes e quatro secretários, além de quatro suplentes. As vagas são distribuídas pela regra de proporcionalidade, pelo qual as maiores bancadas têm prioridade na indicação.


Continua após a publicidade

Para a primeira presidência, registrou candidatura o deputado Marcelo Ramos (PL-AM). Para a segunda vice-presidência, o candidato é André de Paula (PSD-PE). A primeira secretaria, segundo cargo mais cobiçado da Mesa Diretora, deve ficar com o PT, que tem a maior bancada da Casa, com 53 deputados. Marília Arraes (PE) lançou candidatura.

A segunda secretaria deve ficar nas mãos do PSDB, e a indicada do partido é Rose Modesto (MS). De olho na terceira secretaria, com o PSL, estão Luciano Bivar (PSL-PE) e Vitor Hugo (PSL-GO), que concorre como avulso. Para a quarta secretaria, registraram candidaturas a deputada Joenia Wapichana (Rede-RR) e os deputados Júlio Delgado (PSB-MG) e Rafael Motta (PSB-RN). A primeira é a candidata do bloco, os outros dois são avulsos.

Os suplentes serão do Republicanos, do PDT, do PSC e do DEM. Há cinco candidatos: Eduardo Bismarck (PDT-CE), Rosângela Gomes (Republicanos-RJ), Gilberto Nascimento (PSC-SP), Flavio Nogueira (PDT-PI) e Luís Miranda (DEM-DF). O último concorre de forma avulsa.

Fonte: Revista Exame

Comentários do Facebook - Comente