Conectado por

Plural Saúde

G1

Corpo é achado boiando em córrego; polícia tenta identificar homem através de tatuagem do Vasco


Publicado por

em


Polícia pede, para quem reconhecer tatuagem, que entre em contato através do 197. Corpo não tem marcas de estrangulamento no pescoço e nem água nos pulmões. Corpo foi visto por moradores, que chamaram a PM em Porto Velho
Julio Malta/Lente Nervosa
O corpo de um homem, ainda não identificado, foi encontrado boiando em um córrego na Zona Sul de Porto Velho. A Polícia Militar (PM) foi avisada sobre o corpo por moradores, na segunda-feira (4). A Delegacia de Homicídio investiga o caso.
Ao G1, agentes do Serviço de Investigação e Captação (Sevic), da Delegacia de Homicídio, informaram que a vítima não possuía nenhum documento de identificação.
Como o corpo já fazia algum tempo que estava na água (cerca de dois dias), partes do corpo como olhos, boca e dedos haviam sido comido por peixes e jacarés.
Segundo os agentes, o que pode ajudar na identificação do homem é uma tatuagem de time [Vasco] que o homem tem no braço.
A perícia não apontou nenhuma perfuração por faca ou tiros no corpo do homem. Também não haviam marcas de estrangulamento no pescoço e nem água nos pulmões.
Provavelmente o homem foi jogado morto no córrego, segundo os policiais. O Sevic também descarta a possibilidade da vítima ser pescador.
Os agentes da Polícia Civil, que acompanham o caso, ressaltaram que até a amanhã desta terça-feira (5) o resultado da perícia sobre a causa da morte era inconclusiva.
Familiares ou amigos que possam identificar o homem, através da tatuagem, podem ir até a Delegacia de Homicídio em Porto Velho ou entrar em contato por ligação, no 197.
Polícia pede ajuda para identificar corpo através de tatuagem do time Vasco
Polícia Civil/Reprodução
Veja mais notícias de Rondônia

Fonte: G1 Rondônia

Comentários do Facebook - Comente

Publicidade

Mais destaques

Facebook