educamais
Conectado por

Plural Saúde

G1

PM anuncia reforço de 160 policiais a mais na segurança das eleições em Rondônia


Publicado por

em

PM também deve fazer o controle do distanciamento social em virtude da pandemia da Covid-19. Veja o que é crime eleitoral na véspera e dia da eleição. PM já discute esquema de segurança para Porto Velho e interior de RO no dia do pleito
A Polícia Militar (PM) de Rondônia informou que 160 policiais, a mais, reforçarão a segurança no dia da votação das Eleições, em 15 de novembro. O planejamento tem sido discutido no comando-geral.
Por conta do aumento no número de candidatos no estado, a PM trabalha com uma previsão de que isso poderá gerar um aumento na quantidade de denúncias de ilícitos eleitorais.
Para coibir crimes eleitorais, a corporação afirma estar realizando um planejamento antecipado e em alinhamento com a coordenação de segurança das eleições.
Conforme estimativa da PM, no primeiro turno das eleições serão 160 policiais militares a mais para intensificar o patrulhamento nas proximidades dos locais de votação, inclusive no dia anterior à votação, somando ao efetivo de policiamento ostensivo rotineiro.
A PM também deve fazer o controle do distanciamento social nos locais de votação, em virtude da pandemia da Covid-19.
Como denunciar crimes eleitorais?
O Disque Eleição estará funcionando através do número 148. Neste telefone podem ser feitas denúncias que, consequentemente, serão repassadas às equipes militares de radiopatrulha, que irão averiguar o ilícito, assim como evitar aglomeração nas proximidades dos locais de votação.
Atividades permitidas na véspera da eleição
Até as 22h de 14 de novembro, segundo a Justiça Eleitoral, pode haver distribuição de material gráfico, caminhada, carreata, passeata ou carro de som.
Jogar no chão “santinhos” ou material de propaganda no local de votação ou nas vias próximas, ainda que na véspera da eleição, configura propaganda irregular, sujeitando-se o infrator a multa. O candidato beneficiado que tiver conhecimento da prática também poderá ser punido.
Regras no dia da eleição
Uso de máscara – obrigatório (quem chegar ao local de votação com o rosto descoberto poderá ser barrado na entrada).
Álcool gel – eleitor deverá passar álcool em gel nas mãos antes e depois de votar.
Horário de votação – o período de votação foi ampliado. Será das 7h às 17h, com horário preferencial de 7h às 10h para maiores de 60 anos
Caneta – O TSE recomenda aos eleitores que levem a própria caneta para assinar o caderno de votações e que o eleitor permaneça pelo tempo mínimo necessário na seção.
Crimes – Constituem crime, no dia da eleição o uso de alto-falantes e amplificadores de som ou a promoção de comício ou carreata; arregimentação de eleitor ou a propaganda de boca de urna; divulgação de qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos; publicação de novos conteúdos ou o impulsionamento de conteúdos nas aplicações de internet (podendo ser mantidos em funcionamento as aplicações e os conteúdos publicados anteriormente).
Manifestação silenciosa – No dia da eleição, estão permitidas manifestações individuais e silenciosas da preferência do eleitor pelo uso de camisetas, bandeiras, broches e adesivos.
Aglomeração de apoiadores – Estão proibidas aglomerações de pessoas com roupa padronizada até o término do horário de votação.
Veja mais notícias das eleições

Continua após a publicidade

Fonte: G1 Rondônia

Comentários do Facebook - Comente
Continuar leitura