educamais
Conectado por

Plural Saúde

G1

Rondônia tem a 2ª menor taxa de desemprego do país em setembro, diz IBGE


Publicado por

em


Dados fazem parte do monitoramento sobre o desemprego diante da pandemia do novo coronavírus. Percentual de domicílios de RO onde um dos moradores recebeu auxílio foi de 49,5% Rondônia teve a segunda menor taxa de desemprego do país no mês de setembro, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
A taxa média nacional de desemprego foi de 14% em setembro. Já em Rondônia o índice de desocupação foi de 9,1%. A menor taxa foi observada em Santa Catarina (7,8%).
Os dados fazem parte do monitoramento do IBGE sobre o desemprego diante da pandemia do novo coronavírus.
O levantamento foi feito por meio da Pnad Covid19, versão da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua realizada com apoio do Ministério da Saúde para identificar os impactos da pandemia no mercado de trabalho e para quantificar as pessoas com sintomas associados à síndrome gripal.
Ao menos 14 estados tiveram taxa de desemprego superior à média nacional.
Em 14 estados, taxa de desemprego em setembro superou a média nacional.
Economia/G1
Pedido de auxílio emergencial
Na pesquisa PNAD Covid19 o IBGE também apontou que o rendimento domiciliar per capita foi o dobro nos domicílios sem auxílio emergencial.
A proporção de domicílios que recebeu algum auxílio relacionado à pandemia no país passou de 43%, porém Rondônia foi o único estado do Norte que não teve pelo menos a metade dos domicílios recebendo auxílio emergencial.
Em setembro, o percentual de domicílios de Rondônia onde um dos moradores recebeu auxílio emergencial foi de 49,5%.
Veja mais notícias de Rondônia

Continua após a publicidade

Fonte: G1 Rondônia

Comentários do Facebook - Comente
Continuar leitura