Giardinni SBS
Conectado por

Plural Saúde

G1

Porto Velho registra quase 250 casos de dengue de janeiro a setembro de 2020


Publicado por

em


Novo levantamento para medir índice de infestação pelo Aedes aegypti em Porto Velho começa na segunda-feira, 26. Ao todo, 7 mil imóveis foram sorteados para participar da pesquisa. Larvas mosquito dengue Aedes aegypti
André Santos/Prefeitura de Uberaba
Porto Velho registrou 248 casos de dengue de janeiro a setembro de 2020, segundo dados da Divisão de Vigilância Sanitária do município. No mesmo período foram registrados 16 casos de zika e 10 de chikungunya na capital.
Fevereiro foi o mês com o maior número de registros, tendo sido diagnosticadas 76 pessoas com dengue, 11 com zika e 9 com chikungunya.
Na próxima semana, um novo levantamento de Índice Rápido de Infestação do aedes aegypti será realizado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) e deve seguir até 6 de novembro.
O objetivo do levantamento é mapear os locais com maiores índices de infestação do mosquito e alertar sobre os possíveis pontos de surtos das doenças causadas por ele.
Nesta etapa, pelo menos 7 mil imóveis sorteados devem ser visitados pelas equipes de agentes de combate a endemias. Eles vão verificar todos os depósitos com água como caixa d’água, banheiro, tampa de garrafa pet, pratos de vasos de plantas, e outros.

Continua após a publicidade

Fonte: G1 Rondônia

Comentários do Facebook - Comente
Continuar leitura

Publicidade

Mais destaques

Facebook