Giardinni SBS
Conectado por

Plural Saúde

G1

Operação da PF mira garimpo em terra indígena de RO e destrói equipamentos para extração de diamantes


Publicado por

em


Ponte construída sobre rio Roosevelt feita para transportar madeira extraída ilegalmente da reserva foi implodida. Ninguém foi preso. Ponte construída para transporte de madeira foi destruída em terra indígena.
PF/Divulgação
A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta semana a Operação Iratus contra atividades ilegais de garimpo na terra indígena Parque Aripuanã, em Vilhena (RO). Segundo a corporação, equipamentos usados para extração de minérios, diamantes e madeira foram destruídos. Não há presos.
Uma ponte construída sobre o Rio Roosevelt feita para transportar a madeira da reserva foi implodida.
Os trabalhos tiveram o apoio de pelo menos 30 policiais federais, além de equipes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Corpo de Bombeiros. Os agentes, conforme a corporação, precisaram se deslocar à região por dois helicópteros, já que a área é de difícil acesso.
As investigações começaram em julho deste ano, segundo a PF, após a prisão em flagrante de um suspeito que fazia o transporte da madeira extraída da terra indígena.
Operação da PF ocorreu em conjunto com Ibama e Corpo de Bombeiros.
PF/Divulgação
Operação contra garimpo e extração ilegal de madeira ocorreu nesta semana em terra indígena de Rondônia.
PF/Divulgação
Operação que mirou em garimpo ilegal em terra indígena de Rondônia ocorreu nesta semana.
PF/Divulgação
Veja mais notícias do G1

Continua após a publicidade

Fonte: G1 Rondônia

Comentários do Facebook - Comente
Continuar leitura

Publicidade

Mais destaques

Facebook