educamais
Conectado por

Plural Saúde

G1

Onda de calor afeta sul de RO e temperaturas podem seguir altas no fim de semana, aponta Inmet


Publicado por

em


Onda de calor extremo termina nesta sexta-feira (9) e seis cidades do estado são afetadas por causa do fenômeno que atinge o Mato Grosso. Céu de Porto Velho.
Ana Kézia Gomes/G1
A onda de calor que atinge alguns estados do país também está afetando a parte sul e sudeste de Rondônia. O alerta de perigo na cor laranja de calor extremo disparado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) termina por volta das 22h59 desta sexta-feira (9).
Apesar do recuo, o meteorologista Mamedes Luiz Melo alertou que as temperaturas no estado poderão seguir altas durante todo o fim de semana.
Entenda a forte onde de calor pelo país
As cidades de Rondônia afetadas pela onda de calor são:
Vilhena;
Pimenteiras do Oeste;
Cabixi;
Cerejeiras;
Chupinguaia; e
Colorado do Oeste.
“É como se uma parte dessa onda ficasse ‘presa’ pelo sul de Rondônia e depois se desloca para o Sudoeste. Pois já no dia 12 (de outubro), a temperatura começa a cair, pois tem previsão de chuva. Até domingo (11), ainda poderá ter temperatura alta”, reforçou.
Onda de calor afeta sul de Rondônia.
Inmet/Reprodução
Segundo o meteorologista Mamedes Luiz Melo, parte do estado é afetado graças o “resquício” da onda de calor que vem do Mato Grosso.
No fim de semana, a previsão do Inmet é de que a temperatura média no estado seja de 37ºC. Na capital Porto Velho, por exemplo, os termômetros devem atingir mínima de 24ºC e máxima de 38ºC no sábado (10). No domingo (11), deve alcançar mínima também de 24ºC e máxima de 37ºC.
Em caso de emergência, o Inmet recomenda que a população contate a Defesa Civil (telefone 199). Também deve ser aumentada ingestão de líquidos, evitar a prática de atividades físicas ao ar livre entre as 10h e 17h e usar protetor solar.
VEJA COMO FICA O TEMPO NA SUA CIDADE
Veja notícias sobre o calor no Brasil

Continua após a publicidade

Fonte: G1 Rondônia

Comentários do Facebook - Comente
Continuar leitura

Publicidade

Mais destaques

Facebook