educamais
Conectado por

Plural Saúde

G1

Escritório das Nações Unidas abre processo para contratar profissionais ao Hospital de Campanha em Porto Velho


Publicado por

em


UNOPS abriu duas ao cargo de Analista de Monitoramento e Avaliação e inscrições seguem abertas até 5 de outubro. Contratação faz parte de acordo de cooperação com o governo de Rondônia por causa da pandemia da Covid-19. Hospital de Campanha em Porto Velho.
Divulgação/Sesau
O Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) no Brasil abriu duas vagas ao cargo de Analista de Monitoramento e Avaliação. A atuação dos profissionais será no Hospital de Campanha montado em Porto Velho.
As inscrições seguem abertas até o próximo dia 5 de outubro. Um termo de cooperação técnica foi firmado entre a UNOPS e o governo de Rondônia nesta quinta-feira (1º).
Clique aqui e faça sua inscrição
Segundo o UNOPS, os contratados serão responsáveis pela “fiscalização de contratos de serviços hospitalares” na unidade de saúde preparada para a pandemia do novo coronavírus. Os requisitos às vagas são:
graduação em Administração, Administração Hospitalar, Gestão de Saúde Pública, Enfermagem, Contabilidade ou áreas correlatas
Dois anos de experiência em administração/fiscalização de contratos hospitalares ou serviços de apoio hospitalar; e
Fluência em português.
O UNOPS ressalta que a “candidatura de mulheres qualificadas é fortemente recomendada”. O valor salarial não foi divulgado.
Termo de cooperação
O governo de Rondônia anunciou a contratação de serviços de operação ao Hospital de Campanha, além de um termo de cooperação com o UNOPS, organismo da Organização das Nações Unidas (ONU) especializado em compras e gestão de projetos, durante entrevista coletiva nesta quinta.
O UNOPS fará a gestão de seis contratos na área de limpeza hospitalar, alimentação, segurança, recepção, coleta de lixo e lavanderia. O termo pode atingir o teto máximo de R$ 14 milhões em 8 meses, sendo pouco mais de R$ 1,7 milhão mensais. Os contratos foram feitos por meio de processos licitatórios abertos e competitivos.
O escritório atua no estado desde 2019, em parceria com Ministério Público do Trabalho (MPT) em Rondônia e Acre. Nesse período, capacitou 183 representantes de instituições públicas e ONGs em Elaboração de Projetos em Rio Branco (AC), Porto Velho (RO) e Ji-Paraná (RO) através do projeto Uirapuru.
Veja os vídeos mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias:

Continua após a publicidade

Fonte: G1 Rondônia

Comentários do Facebook - Comente
Continuar leitura

Publicidade

Mais destaques

Facebook