educamais
Conectado por

Plural Saúde

G1

Vacinação contra o sarampo é prorrogada até 31 de outubro em Rondônia


Publicado por

em


Objetivo é ampliar cobertura vacinal entre adultos de 20 a 49 anos, público-alvo da campanha. Vacina contra o sarampo
Prefeitura de Jaraguá do Sul/Divulgação
A Campanha de Vacinação contra o sarampo foi prorrogada em todo o estado de Rondônia até 31 de outubro, segundo a Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa). A ação para imunizar adultos com idades entre 20 e 49 anos já havia se estendido para a mesma data em Porto Velho. Assim como na capital, o motivo seria a baixa procura.
Conforme a Agevisa, todos os postos de saúde do estados estão abastecidos com as doses. Porém, as restrições decorrentes da pandemia do novo coronavírus resultaram na baixa procura pela imunização nas unidades.
Para que a cobertura vacinal seja maior, a Agevisa informou que os profissionais dos municípios estão sendo orientados a buscarem locais mais arejados e próximos da comunidade, além de possíveis ao cumprimento do distanciamento.
A vacina é contraindicada para bebês com menos de 6 meses, pessoas imunodeprimidas e gestantes.
Porto Velho
Em Porto Velho, segundo a coordenação de imunização do município, tem sido baixa a procura pela imunização de crianças e adultos, tanto contra o sarampo, quanto em relação às vacinas de rotina infantis.
Mesmo com o público-alvo sendo pessoas de 20 a 49 anos, a imunização também está disponível para crianças a partir de 6 meses e adultos com até 59 anos.
A vacina está disponível em todos os postos de saúde das 8h às 17h. Para receber a dose é preciso apresentar o cartão do SUS, e para as crianças, cartão de vacina. Também é necessário estar usando máscara e respeitar o distanciamento social.
Caso o morador ainda não tenha o cartão do SUS, basta apresentar um documento de identificação com foto e fazer o documento na própria unidade de saúde.
Sarampo tabela
Arte/G1
Initial plugin text

Continua após a publicidade

Fonte: G1 Rondônia

Comentários do Facebook - Comente
Continuar leitura

Publicidade

Mais destaques

Facebook