educamais
Conectado por

Plural Saúde

Geral

Durante correição no MPF, população poderá apresentar reclamações ou elogios ao trabalho do órgão em Rondônia


Publicado por

em

Fachada do Ministério Público Federal em Rondônia, na capital Porto Velho-RO
Atendimento ao público será em 10 de setembro, por videoconferência entre cidadãos e corregedores

Continua após a publicidade

As unidades do Ministério Público Federal (MPF) em Porto Velho, Ji-Paraná e Vilhena passarão por correição ordinária. O objetivo da correição é verificar a regularidade do serviço e a eficiência dos procuradores da República no exercício de suas funções e o cumprimento das obrigações legais. As sugestões apresentadas serão encaminhadas aos órgãos superiores da instituição. A população pode contribuir com a melhoria dos serviços da instituição em Rondônia, apresentando críticas, sugestões ou elogios aos trabalhos do órgão. O atendimento ao público será em 10 de setembro, das 8h às 14h, no horário local.

Devido à pandemia do novo coronavírus, o contato será integralmente na modalidade eletrônica, por meio de videoconferência. O agendamento da videoconferência com os corregedores pode ser feito enviando mensagem para o e-mail [email protected]mp.br, até às 19h de 9 de setembro de 2020.


Continua após a publicidade

 


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Ao final da correição, o relatório geral será encaminhado ao Conselho Superior do MPF, com cópia para a procuradora-chefe do MPF de Rondônia, Daniela Lopes de Faria.

Comentários do Facebook - Comente
Continuar leitura