educamais
Conectado por

Plural Saúde

Folha

Doria não paga dívida de R$10 milhões e trabalhadores do monotrilho devem ser demitidos


Publicado por

em

A gestão João Doria (PSDB) não cumpriu a promessa que fez na semana passada de pagar as parcelas que deve ao Consórcio Expresso Monotrilho Leste referentes às obras da linha 15-prata do metrô de SP e, dessa forma, o grupo pretende começar na segunda (24) a demissão de até 120 funcionários que cumpriam aviso prévio. O governo de SP não paga o consórcio liderado pela construtora Queiroz Galvão desde abril e a dívida já chegou a R$ 10 milhões.
Leia mais (08/22/2020 – 23h16)

Continua após a publicidade

Fonte: Folha de São Paulo

Comentários do Facebook - Comente
Continuar leitura

Publicidade

Mais destaques

Facebook