Conectado por

Plural Saúde

G1

Rondônia continua com 3 casos confirmados de novo coronavírus, diz governo


Publicado por

em


Dados foram divulgados nesta terça-feira (24). Estado diz que tem 555 casos notificados de Covid-19; doença já matou 46 pessoas em todo Brasil. Coronavírus (Covid-19).
CDC/via REUTERS/Site: O Globo
Rondônia continua com três casos confirmados de novo coronavírus. A informação foi divulgada no início da noite desta terça-feira (24) pelo governo do estado. Os dados revelam que há 555 notificações da doença na região e 48 casos descartados. Em todo o Brasil, o Ministério da Saúde diz que há 46 mortes por Covid-19.
Na nova publicação, os municípios que têm casos de coronavírus não foram especificados. Segundo o governo, o Ministério da Saúde divulga os casos notificados e descartados – aqueles que já tem resultado do exame laboratorial.
VÍDEOS: incubação, sintomas e mais perguntas e respostas
BOATOS: O que é #FATO ou #FAKE sobre o coronavírus
GRUPOS VULNERÁVEIS: veja quais grupos têm mais complicações
SINTOMAS: febre, tosse e dificuldade de respirar, entenda em detalhes
O primeiro caso confirmado foi registrado em Ji-Paraná, na noite de 19 de março. O paciente é um homem de 29 anos, morador de São Paulo, que esteve na cidade para trabalhar. No sábado (21), o secretário de estado de saúde, Fernando Máximo, confirmou em coletiva de imprensa os dois primeiros casos da doença em Porto Velho.
Rondônia tem três casos positivos para coronavírus.
Dado Ruvic/Reuters/Arquivo
Já no domingo (22), Marcelo Thomé, presidente da Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (Fiero) disse que testou positivo para Covid-19. Ele participou da viagem do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos no início do mês. Até o momento, 23 pessoas da comitiva testaram positivo para a doença.
Estado de calamidade na capital
A prefeitura de Porto Velho decretou Estado de Calamidade Pública na segunda-feira (23) para reforçar a prevenção e combate ao novo coronavírus. O documento nº 16.612, assinado pelo prefeito Hildon Chaves, tem diversas restrições à população para evitar a proliferação da Covid-19 (veja os serviços adiados).
Entre as determinações, o texto fala sobre os moradores da capital que estão em outros estados. Esses só devem retornar à cidade após passar o período de calamidade, que segundo o decreto, tem duração de 15 dias, podendo ser prorrogado por mais 15.
Decreto de Estado de Calamidade Pública em Porto Velho, devido pandemia de coronavírus
Prefeitura de Porto Velho/Reprodução
O texto também autoriza a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) a convocar, por meio de portaria, os servidores de outras secretarias municipais para exercerem atividades de combate ao coronavírus por 15 dias podendo ser prorrogado por igual período.
A prefeitura ainda pede que a Polícia Militar (PM) ajude a dispersar aglomerações de pessoas, sendo permitido o uso da força.
Casos pelo Brasil
O Brasil tem 2.201 casos confirmados de novo coronavírus e 46 mortes até esta terça-feira (24).
O número de mortos por causa do novo coronavírus subiu 35% em relação ao balanço do dia anterior. Já o total de casos subiu 16%. Segundo o Ministério da Saúde, a atual taxa de letalidade da doença no país é de 2,1%, com base nos dados registrados até 16h desta terça-feira.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta terça-feira (24) que percebe uma “aceleração muito grande” em número de casos de coronavírus nos Estados Unidos, o que representa potencial para o país se tornar o novo epicentro da epidemia, informou a agência Reuters.
Total de pacientes infectados pelo coronavírus Sars-Cov-2 no Brasil
Arte/G1
Guia de isolamento domiciliar por causa do novo coronavírus
Arte/G1
Initial plugin text

Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Fonte: G1 Rondônia

Comentários do Facebook - Comente

Publicidade

Mais destaques

Facebook