Conectado por



Plural Saúde

Política

Jaqueline Cassol diz que portabilidade é o caminho para baixar a conta de luz em Rondônia

Publicado por

em

Um novo modelo para distribuição e a comercialização da energia no Brasil está em discussão na Câmara Federal. Sobre esse importante assunto para os consumidores, a deputada federal Jaqueline Cassol (PP/RO) falou, na última sexta-feira (25), em entrevista ao programa Fala Rondônia, da Rede TV. A parlamentar a foi eleita para presidir a Comissão Especial da Portabilidade da Conta de Luz, encarregada de debater o Projeto de Lei 1917.

------- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -------

A nova lei, vai propor uma reforma completa no atual modelo do sistema elétrico brasileiro, possibilitando, entre outras vantagens, que o consumidor escolha a empresa fornecedora de energia, de acordo com seu interesse.

------- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -------

Durante a entrevista, a deputada destacou que o benefício da escolha já existe no Brasil, mas restrito a grandes consumidores, que pagam até 30% a menos do que residencial. A parlamentar ressalta que a abertura do mercado da energia vai possibilitar competitividade e pode ter o mesmo efeito do que aconteceu com o setor de telecomunicações, cujos resultados foram benéficos para o consumidor final.

A deputada também falou sobre os problemas enfrentados com a Energiza, em Rondônia. “Nós viemos com um histórico de problemas no estado e a privatização não ajudou em nada o consumidor final. Pelo contrário, além de um serviço que deixa a desejar, o consumidor ainda enfrenta aumentos abusivos das contas”, resumiu a deputada quando questionada sobre a CPI da Assembleia Legislativa, que investiga a atuação da distribuidora de energia no estado.

------- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -------
DJ90.COM.BR WEBRÁDIO

A comissão especial que analisa mudanças no funcionamento do setor elétrico foi instalada na última quarta-feira (23) e tem como presidente a deputada Jaqueline Cassol (PP-RO) e como relator o deputado Édio Lopes (PL-RR). “Na próxima quarta-feira, 14h30, nós já teremos reunião da comissão. O relator, deputado Édio Lopes, já disse que quer apresentar o relatório dele antes do final do ano”, disse Jaqueline Cassol. “Então, levaremos para o Plenário um tema de suma importância, no momento que o Brasil precisa se desenvolver cada vez mais”, completou. A comissão especial é formada por 34 deputados.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Publicidade

Apostas Esportivas Online Betway
Plural Saúde

Educa Mais Brasil

Mais destaques

Facebook

WhatsApp chat