O serviço Social da Indústria (Sesi) e o Ministério da Cidadania firmaram um acordo que prevê a oferta de cursos gratuitos profissionalizantes e aula de reforço escolar em português e matemática para jovens e adultos com idade entre 18 a 29 anos.

Com o objetivo de facilitar o ingresso no mercado de trabalho, as aulas serão compostas por módulos de 100 horas e, além da carga horária da disciplina, conteúdos relacionados ao desenvolvimento das habilidades socioemocionais complementarão as 200 horas totais.

A estimativa é que, ao longo dos próximos quatro anos, os cursos contemplem 800 mil jovens de todo o Brasil de forma progressiva. Ainda este ano, a expectativa do projeto é beneficiar 100 mil pessoas. Um dos critérios de participação é que o estudante esteja inscrito no cadastro Único para Programas Sociais. Jovens que não estejam inseridos no mercado de trabalho ou fora das instituições de ensino terão prioridade.