Conectado por


Jurídicas

Advogado de Everton diz que Justiça corrigiu grande erro

Publicado por

em

“Conseguimos comprovar que ele não cometeu qualquer crime e uma grande injustiça foi corrigida”. O desabafo é do advogado Renato Cavalcante, que defendeu o ex-deputado Everton Leoni, no julgamento da “folha paralela”. Everton, empresário da comunicação em Rondônia foi inocentado de todas as acusações. Apesar de ter indicado pessoas para contratação, o desembargador relator, Roosevelt Queiroz, após analisar as provas e depoimentos, concluiu que os todos os servidores trabalharam não existindo qualquer irregularidade. “Conseguimos comprovar a inocência dele. Provamos que o juízo de primeiro grau desconsiderou as informações prestadas pelas testemunhas e ainda que estava ausente a justa causa para o exercício da ação penal.”, explicou o advogado.

Renato explica que não tinha dúvidas da absolvição, porque o Ministério Público não tinha qualquer prova.

Nos autos, as testemunhas confirmaram que efetivamente trabalharam na Assembleia Legislativa e receberam seus salários regularmente.