Conectado por


Destaque

OAB/RO manifesta solidariedade com familiares da advogada catarinense vítima de feminicídio

Publicado por

em

O presidente da Seccional Rondônia, Elton Assis, salienta que a instituição e a sociedade devem cobrar do Estado medidas concretas para combater a violência contra a mulher.

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia (OAB/RO) solidariza-se com familiares e amigos da advogada catarinense Lucimara Stasiak, assassinada pelo namorado em Balneário Camburiú, Santa Catarina. A Seccional também manifesta repúdio à violência contra a mulher.

De acordo com a Conselho Federal da OAB, em 2018 houve um aumento de 34% em relação a 2016 no número de processos envolvendo feminicídios. Em 2016 foram 3.339 casos; já em 2018 foram 4.461.

O presidente da Seccional Rondônia, Elton Assis, salienta que a instituição e a sociedade devem cobrar do Estado medidas concretas para combater a violência contra a mulher. “Manifesto minha solidariedade à família, aos amigos de Lucimara. Não é admissível conviver com essa realidade, são necessárias medidas concretas para coibir a violência contra a mulher”, fala.

Comissão da Mulher Advogada emite nota de solidariedade

A Comissão da Mulher Advogada da Seccional de Rondônia, por meio de sua diretoria, vem a público demonstrar sua extrema consternação pela morte da advogada, Lucimara Stasiak, de 29 anos, inscrita na Seccional de Santa Catarina, que teria sido morta, na quinta-feira passada, por seu namorado com quem convivia.

Neste momento de tamanha dor nos solidarizamos com os familiares amigos de nossa irmã, Lucimara, pela perda irreparável.

Infelizmente, o Brasil ocupa a 5ª posição no ranking de mundial de feminicídio, segundo dados do ACNUDH – Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos.

Houve 4.254 homicídios dolosos de Mulheres, em 2018, e a cada 02 horas uma mulher é assassinada, é uma epidemia movida, muitas vezes, por valores machistas enraizados na nossa sociedade.

A Comissão da Mulher Advogada da Seccional de Rondônia se compromete a trabalhar em campanhas de conscientização, de fomento a igualdade de gênero, valorização da Mulher, prevenção e enfrentamento a violência contra a Mulher.