A atriz de Rondônia Cristina Lago será protagonista do episódio 5 (O Homem do Saco) da série ‘Terrores Urbanos”, que irá ao ar nessa terça-feira (8), às, 22h45 (horário de Brasília), na Rede Record. Com um vasto currículo no cinema, seriados e novelas, Cristina, que é natural de Ouro Preto do Oeste, disse estar satisfeita com o resultado desse trabalho e aproveitou para convidar os rondonienses para assistirem o capítulo.
PublicidadeBolsas de Estudos com até 70% de desconto

Assista o vídeo:

“Quero convidar todo mundo de Rondônia para assistir a série ‘Terrores Urbanos’. Nessa terça-feira, dia 8, às 22h45 (horário de Brasília), vai passar o episódio ‘O Homem do Saco’, que eu protagonizo. Quero muito que vocês assistam e depois me escrevam aqui e me contem o que vocês acharam. Um beijo a todos!”, disse Cristina em vídeo gravado para suas redes sociais.
A produção nacional “Terrores Urbanos” já havia estreado desde outubro na plataforma de streaming PlayPlus, e agora chega em segunda janela à TV. A série é uma produção da Record com a Sentimental Filmes e conta em cinco episódios as famosas lendas do terror urbano – a Loira do Banheiro, a Gangue dos Palhaços, o Quadro do Menino que Chora, o Boneco Amigão e o Homem do Saco, último episódio em que Cristina atua como protagonista.
A direção geral é de Fernando Coimbra. O diretor já dirigiu o filme “Sand Castle”, para a Netflix e episódios da série “Narcos”, também da plataforma de streaming. “Terrores Urbanos” e os demais episódios estão sendo exibidos nos dias 2, 4, 7 e 8 de janeiro.
Outros trabalhos
Com um currículo que contempla cinema e TV, Cristina participou do sucesso de bilheteria “Bruna Surfistinha”, filme em que interpreta Gabi, a amiga de Surfistinha (Débora Seco). Também esteve em “Descalço Sobre a Terra Vermelha”, uma co-produção Brasil-Espanha que faz um relato sobre a vida do bispo catalão Pedro Casaldàliga e sua incansável luta pelos índios e camponeses da região do Mato Grosso.
Em outra produção, Cristina atuou em “O Casamento de Mário e Fia”, uma obra com linguagem teatral e onírica, que conta a história de amor de dois “doidinhos“ de uma cidade do interior, interrompida pela crueldade de uma sociedade provinciana.
“Olhos Azuis”, “Irmãos” e “Maré – Nossa História de Amor” – primeiro filme de Cristina, produção em que foi protagonista – são outras obras cinematográficas com atuação da atriz de Rondônia.
Nas séries, a atriz também atuou em ‘Conselho Tutelar (Record). A produção foi uma série de ficção inspirada em fatos reais exibida pela Record TV.
Cristina viveu a personagem Sheila, que descobriu, através de Sereno (Roberto Bomtempo), que o filho que ela pensava ter morrido no parto estava vivo.
Cristina também esteve com Samantha Schmütz na série de humor “Não Tá Fácil Pra Ninguém”, do Multishow, e em “Os Gozadores”.
Nas novelas, participou de grandes sucessos com personagens fortes em “Salve Jorge” e “Em Família”, além de sua participação em “I Love Paraisópolis”, mostrando sua veia cômica contracenando com Tatá Werneck e Danton Melo. Ainda pela Rede Globo, a atriz se destacou em Malhação, ocasião em que interpretou Piedad, uma falsa argentina que abalou o casamento de Udson (Lucas Lucco) e Alina (Pâmela Tomé).
Pelo canal HBO, Cristina Lago interpretou a presidiária Amanda, na segunda temporada da série “PSI”. Também pelo canal, a atriz viveu Bianca, na terceira e última temporada de “Magnífica 70”. Essa última, outro grande sucesso, aclamado pela crítica e que caiu nas graças dos telespectadores.