PublicidadeBolsas de Estudos com até 70% de desconto

Desenvolver a inteligência socioemocional é o principal objetivo da Escola de Inteligência, programa adotado pelo Colégio Objetivo neste ano, voltado aos alunos desde a Educação Infantil ao Ensino Médio e seus familiares.

Dois encontros foram realizados no primeiro semestre como parte do curso Vida em família: aprendendo a lidar com as emoções, abordando a temática emocional, envolvendo pais e alunos, com propostas de atividades a serem desenvolvidas no dia a dia pelas famílias.

O primeiro encontro tratou da temática geral do curso e uma das propostas de atividade foi a criação de mandalas, que as famílias deveriam criar juntas, num momento de interação e colaboração mútua dentro do lar.

Já no segundo encontro, o tema foi Tristeza e Alegria, tendo como facilitadora a consultora educacional e coach multifocal Suzana Oliveira. Ela tratou da importância de se ensinar, desde cedo, as crianças a lidarem com as emoções como frustração, alegria, raiva, tristeza.

“Nós não somos capazes de controlar nossas emoções e pensamentos. O que podemos mudar nisso é a forma como nos comportamos diante delas”, salientou a consultora no encontro com os pais. “Todo mundo sente alegria e tristeza, o que precisamos observar é se essas emoções estão nos controlando ou nós que temos o controle sobre elas”, completou.

Outra atividade proposta durante o encontro aos pais e filhos foi que fizessem uma lista de itens que os deixavam feliz, individualmente e dentro da rotina familiar. Daiane Santos Padovan é mãe do Gabriel, de 8 anos, que cursa o 3º ano do Bilíngue Integral. Ela conta que os encontros e as atividades são importantes na construção da inteligência emocional do filho. “As atividades são totalmente aplicáveis. Quando meu filho fez a relação do que o deixava feliz, eu vi que ele estava verbalizando sentimentos que não costuma falar do dia a dia, e isso me deixou muito satisfeita”, relata a mãe.

Érica Ferreira tem dois filhos, Pedro (8) e João (6). Além dos encontros e das aulas semanais dos filhos, ela avalia que o material de apoio também auxilia neste processo. “Tudo isso abre o diálogo dentro da família, toca em assuntos diversos e importância de lidar com as emoções, auxiliando as crianças neste processo”, diz.

A ESCOLA DE INTELIGÊNCIA

O diretor da Unidade Jardim América, Jean Barcel, explica que a Escola de Inteligência é baseada na teoria da inteligência multifocal, elaborada pelo psiquiatra Augusto Cury, e busca desenvolver fatores ligados ao desenvolvimento e bem-estar do ser humano, trabalhando a inteligência cognitiva, emocional, a saúde física e psíquica e as relações pessoais.

“Na prática, isso é desenvolvido no programa por meio da gestão da ansiedade e timidez, da capacidade de se colocar no lugar do outro, de pensar antes de reagir, de desenvolver relações saudáveis, trabalhar as perdas e frustrações”, esclarece Jean.

Em resumo, o programa busca desenvolver nos alunos, de todas as idades, a capacidade de gerenciar os pensamentos e de proteger as emoções, de forma que ele tenha o controle sobre elas e sobre suas ações. E, neste processo, envolver toda a família.

Os próximos encontros da Escola da Inteligência serão realizados no auditório do Colégio Objetivo Unidade Jardim das Mangueiras, localizado na rua Paulo Freire, 4767, bairro Flodoaldo Pontes Pinto. Mais informações com as Coordenações Pedagógicas ou pelos telefones (69) 3211-6000 (Unidade Jardim das Mangueiras) ou 3216-2900 (Unidade Jardim América).