Macaco Prego Febre Amarela

Macaco Prego Febre Amarela

A Prefeitura de Guarulhos, na Grande São Paulo, informou nesta terça-feira (26) que o Instituo Adolfo Lutz confirmou a morte de mais dois macacos no município por febre amarela. Um dos primatas tinha sido achado morto no último dia 10 na região do Cabuçu, e o outro, no dia 11, em área do município no Parque Estadual da Serra da Cantareira.

No último dia 9, o município confirmou o primeiro caso de febre amarela em macaco. Agora, Guarulhos soma três casos da doença em primatas.

Não é possível a transmissão direta entre pessoas e macacos, e vice-versa. Um ser humano ou um primata com o vírus é picado por um mosquito transmissor. O inseto pica e passa o micro-organismo para outra pessoa ou macaco, que desenvolve a doença.

Febre amarela (Foto: Alexandre Mauro/Editoria de Arte G1) Febre amarela (Foto: Alexandre Mauro/Editoria de Arte G1)

Febre amarela (Foto: Alexandre Mauro/Editoria de Arte G1)

De acordo com a Prefeitura de Guarulhos, até o momento, foram vacinadas preventivamente 240.398 pessoas. A Secretaria de Saúde recomenda que a população mantenha distância das matas e vacine-se em uma das 27 UBS da cidade.

  • Locais de vacinação:
  • Palmira
  • Continental
  • Vila Rio
  • Morros
  • Santa Lídia
  • Seródio
  • Haroldo Veloso
  • Carmela
  • Lavras
  • Soberana
  • Ponte Alta
  • Santa Paula
  • Álamo
  • Aracília
  • Piratininga
  • Cambará
  • Cabuçu
  • Recreio São Jorge
  • Novo Recreio
  • Belvedere
  • Primavera
  • Acácio
  • Bananal
  • Santos Dumont
  • Fortaleza
  • Água Azul
  • Bambi