Setur quer monumento para cientista alemã em Porto Velho
28/06/2016|  Autor : Ascom - Setur|   Fonte : Setur
O superintendente estadual de turismo, Júlio Olivar, protocolou na manhã desta terça-feira, 28, na Embaixada da Alemanha, em Brasília, um documento informando a intenção da Setur/RO de construir um memorial em homenagem à cientista Emília Snethlage, morta aos 61 anos, em 1929, em Porto Velho. Olivar disse ao embaixador Dirk Brengelmann que Rondônia tem sua formação influenciada por povos de todos os quadrantes do mundo. "A Setur tem buscado promover a identidade local através do reconhecimento de personalidades que compuseram a história", explicou. A cientista alemã é, até hoje, uma das mais reconhecidas ornitólogos (especialista em aves) do mundo e faleceu em plena atividade como pesquisadora no Vale do Rio Madeira. Entre os caboclos da época, a cientista era chamada de "Doutora Senhorinha". Ela foi reconhecida também como feminista; foi a primeira mulher admitida como membro da Academia Brasileira de Ciências. A Setur iniciou o diálogo com a Alemanha propondo a edição de uma biografia bilíngue (português e alemão), a instalação de um monumento em praça pública e outro marco no Cemitério dos Inocentes, onde ela foi sepultada em cova rasa.

COMENTE COM O FACEBOOK


Portalrondonia Comunicações Ltda. E-mail: redacao@portalrondonia.com