Time Rubro-Negro entra em campo nesta quarta-feira em jogo decisivo
19/05/2016|  Autor : GOAL|   Fonte : GOAL

Nesta quarta-feira o Flamengo terá pela a missão de reverter a vantagem do Foretaleza na partida de volta da segunda fase da Copa do Brasil.
 
Mas para que isso aconteça os Rubro-Negros terão que superara ausência do técnico Muricy Ramalho que sofreu uma arritmia cardíaca e precisou ficar sob cuidados médicos. Muricy, que já deixou o hospital e acenou para a imprensa na saída, irá para São Paulo ser avaliado por Fernando Bassan, seu médico pessoal que definirá quando o treinador retornará aos trabalhos.
 

(Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo)
 
O auxiliar Tatá e Jayme de Almeida serão os responsáveis por substituir o treinador e vão precisar de muito papo para que os jogadores não se sintam perdidos dentro de campo.
 
Além disso, o Flamengo pode contar com a vontade dos atletas em presentear o treinador que vai acompanhar a partida de casa. Nesta terça-feira, Mancuello falou sobre a relação do elenco com ele.
 
"É o nosso comandante. A relação que temos com ele é muito boa, e todo o elenco lamentou muito o que aconteceu com ele. O Flamengo busca união, e ele é a nossa cabeça. Lamentavelmente não vamos contar com ele para esse jogo, mas ele tem o nosso apoio", disse Mancuello.
 
Apesar de já estar se sentindo bem, a preocupação com Muricy continua. Já é a terceira vez que o treinador sofre com problemas de saúde e a segunda que precisou correr para o hospital por conta de uma arritmia cardíaca.
 
Por causa dos problemas de saúde, o comandante Rubro-Negro chegou a ficar afastado dos trabalhos por quase um ano. Na ocasião a família pressionou Muricy para que se dedicasse apenas em cuidar de si.
 
No próximo domingo o Flamengo encara o Grêmio em Porto Alegre, a presença do treinador ainda não foi confirmada e só deve retornar aos trabalhos na próxima segunda-feira.
 
Mas a questão que volta a tona é sobre a continuidade de Muricy Ramalho como treinador de futebol, por diversas vezes o técnico Rubro-Negro chegou a afirmar que largaria o osso por conta da saúde. Quando sofreu de diverticulite a família pressionou o treinador para se aposentar.
 
Por ora, o Flamengo foco no duelo decisivo contra o Fortaleza para dar mais tranquilidade ao comandante. O time Rubro-Negro entra em campo às 21h45, em Volta Redonda. Uma vitória por 1 a 0 garante o clube na próxima fase da competição.


COMENTE COM O FACEBOOK


Portalrondonia Comunicações Ltda. E-mail: redacao@portalrondonia.com