Após acidente, Filho de Pitanguy recebe alta e é levado para delegacia
24/08/2015|  Autor : YAHOO|   Fonte : YAHOO

O empresário Ivo Nascimento de Campos Pitanguy, filho do cirurgião plástico Ivo Pitanguy, recebeu alta do Hospital Miguel Couto na manhã deste domingo, 23. Ele estava internado na unidade desde a noite de quinta-feira, quando foi preso em flagrante por ter atropelado e matado o operário José Fernando Ferreira da Silva, de 44 anos, na Rua Marquês de São Vicente, na Gávea, zona sul.

Após deixar o hospital, onde se encontrava sob custódia, foi encaminhado para a 14ª Delegacia de Polícia (Leblon), onde deve ser ouvido. A Justiça do Rio havia negado um pedido de liberdade provisória apresentado pelo advogado Rafael Almeida de Piro em favor de Pitanguy na madrugada deste sábado, 22. O empresário foi indiciado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) e embriaguez ao volante.

Silva, que trabalhava nas obras de expansão do metrô da zona sul à Barra da Tijuca (zona oeste), será enterrado em Pernambuco, onde vive sua família. Ontem, parentes da vítima estiveram no Instituto Médico Legal (IML) para a liberação do corpo.

Acidente

Momentos após ter sido atingido pelo carro desgovernado de Pitanguy, Silva chegou a ser socorrido e teve uma perna amputada na tentativa de ser mantido vivo, mas morreu durante o atendimento no Hospital Miguel Couto. Ele era casado e pai de dois filhos.

Nos últimos cinco anos, Ivo Nascimento acumulou 70 multas, 14 delas por embriaguez ao volante, segundo informações da 14ª DP, que investiga o caso. Ao todo, o prontuário, de 23 páginas, soma 240 pontos na carteira de motorista. Em teoria, quem acumula 20 pontos em 12 meses tem a carteira temporariamente suspensa.

Após o acidente, o Detran do Rio informou a abertura de um processo para suspensão da Carteira Nacional de Habilitação do motorista por ter atingido o limite de pontos no prontuário de infrações de trânsito entre 2014 e 2015. No período de um ano encerrado em 21 de junho, ele somou 27 pontos. "Diante da gravidade do acidente, será aberto também um processo administrativo para que o condutor seja submetido novamente a novo exame prático para averiguar a sua capacidade de direção de automóveis", informou o Detran.


COMENTE COM O FACEBOOK


Portalrondonia Comunicações Ltda. E-mail: redacao@portalrondonia.com